Premiação maior, mas sem disputa no absoluto: veja o que mudou para o Abu Dhabi World Pro 2017

Tatame

20/04/2017 11:50

Até o próximo sábado (22), o mundo do Jiu-Jitsu estará voltado para Abu Dhabi, onde acontece o World Pro. O principal evento da UAEJJF teve algumas importantes mudanças para esta edição, a principal foi o fim do absoluto. O torneio não terá as disputas no peso-aberto, em busca de valorizar as divisões. Outra alteração é no aumento das premiações - uma das principais características da organização, que valoriza os atletas.

2048x1365
World Pro terá mudanças importantes nesta edição de 2017 (Foto: José Luis Follador)

 

No masculino faixa-preta, o valor dado ao vencedor, na temporada passada, era de US$ 8 mil. Para este ano, o campeão levará para casa US$ 10 mil. O fundo total de premiações subiu de US$ 152 mil para US$ 629 mil, em relação a última temporada.

Outra mudança que gera um impacto forte na disputa é o limite de apenas dois lutadores de cada nacionalidade por divisão. Uma vaga é garantida ao atleta que está na melhor posição do ranking da UAEJJF, enquanto a segunda será disputada em uma fase classificatória entre os outros competidores do mesmo país. Apenas dois brasileiros podem lutar em cada categoria, por exemplo.

Na hora das lutas, uma mudança também será sentida pelos lutadores. Em 2016, o período de punição para um atleta que estivesse inativo era de 20 segundos. Contudo, para este ano, o tempo foi reduzido pela metade. Agora, um árbitro tem o limite de dez segundos para punir um atleta que "amarrar" a luta.