Talita Treta destaca crescimento do World Pro e celebra boa fase: 'Muito feliz com meu momento'

Yago Rédua

19/04/2017 03:17

Campeã no Brazil National Pro, em fevereiro, Talita Treta estará na disputa do World Pro 2017, que está sendo realizado em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, até o próximo sábado (22). A lutadora da NS Brotherhood conversou com a TATAME a respeito da sua preparação para o grande evento, que fecha a temporada 2016/2017 da UAEJJF. A atleta destacou o bom momento na parte psicológica e disse que está "muito feliz" com a atual fase da carreira.

888x589
Multicampeã no Jiu-Jitsu, Talita revelou felicidade em lutar no World Pro (Foto Divulgação)


"Minha preparação está da melhor forma possível. Estou com a minha cabeça muito boa, treinando bem, competindo bem e o mais importante, estou muito feliz", disse Talita. 

Além disso, Treta comentou sobre o bom momento nos torneios de Jiu-Jitsu, a estrutura do World Pro, o desejo de estrear pelo Bellator, organização de MMA, e também a vontade de conquistar o ADCC, que neste ano acontece em setembro, na Finlândia.

Confira, na íntegra, a entrevista de Talita Treta:
- Você foi campeã do National e tem conquistado alguns torneios da IBJJF. Isso aumenta ainda mais a sua confiança para o World Pro?
Eu comecei o ano muito bem, mas infelizmente eu não pude ir ao Pan por falta de patrocínio, mas estou lutando tudo o que eu posso. Eu estou me sentindo muito bem e, independentemente de qual seja o resultado, em Abu Dhabi eu sei que vou fazer o meu melhor.

- Quais são as principais oponentes que você espera encontrar pelo caminho no peso e no absoluto?
Com certeza é um dos melhores e mais difíceis campeonatos de Jiu-Jitsu, não tem luta tranquila, só tem luta dura e tem que estar ligado o tempo todo. Afinal, são 6 minutos. Eu não vejo uma ou outra, eu vejo todas como lutas muito difíceis, tanto no peso, como no absoluto.

- Como é competir em Abu Dhabi, com a estrutura e a organização da UAEJJF?
Poxa, é muito legal. É um campeonato lindo, com uma estrutura sensacional. Estou feliz em poder estar lá mais um ano. Com certeza, eles estão de parabéns por tudo o que vem fazendo pelo Jiu-Jitsu.

- Como você vê o crescimento do evento ano após ano?
Eles nunca caem, eu só vejo ano a após ano o evento mais bonito. Eles estão revolucionando nosso esporte em questão de competição. No começo, a galera ia pela grana, poucas pessoas pagavam para ir lá lutar, hoje, todos vão também pelo titulo. Eu vejo a galera se esforçando para comprar passagem para poder lutar, isso tudo devido ao grande trabalho que eles estão fazendo.

- Quais são os planos para o restante da temporada?
Eu quero muito, muito estrear no Bellator. Estou sentindo que agora é o momento. Estou bem já, baixando meu peso, treinando e eu quero muito. Enquanto isso, vou fazendo o que mais amo, que é lutar Jiu-Jitsu. Vou para o Mundial e no final do ano tem o ADCC, onde quero chegar muito bem e quero muito ganhar esse prêmio.

- Pretende fazer alguma superluta ainda este ano?
Quero muito, mas falta um convite. Luto de quimono e sem quimono, é só convidar.