José Aldo promete nocaute sobre Holloway e analisa: 'Não vejo esse perigo que todo mundo acha'

Yago Rédua

19/03/2017 12:00

O combate entre José Aldo, campeão linear, e Max Holloway, campeão interino dos penas, passou por uma verdadeira novela para sacramentar o dia e local. No entanto, o Ultimate anunciou que o embate será no UFC 212, no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho. Em entrevista coletiva no projeto Usina de Campeões, onde recebeu o patrocínio da Refinaria de Manguinhos, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e também se tornou um dos embaixadores da ação social, o lutador da Nova União comentou que o havaiano estava inventando "desculpas".

Holloway comenta luta no Rio contra José Aldo: 'Vou para o reino de outro rei e assumir o controle'

Aldo ainda rebateu algumas afirmações de Holloway, dizendo que muitos lutadores falam na imprensa e nos bastidores, e logo depois mudam o discurso. O campeão contou que vai para nocautear e que o imbróglio para confirmar a luta o favoreceu pelo confronto acontecer em "sua casa", no Rio de Janeiro, onde terá a presença da família e de amigos. O brasileiro também apontou as qualidades do seu adversário.

Dedé Pederneiras ironiza declarações de Holloway: ‘Não sei o que passa na cabeça desse garoto’; veja

4160x2340
Ronaldo Jacaré, José Aldo e Pedro Rizzo durante evento no projeto social (Foto: TATAME)

Confira os principais trechos da entrevista de José Aldo:

- Imbróglio até definição da luta com Holloway
Nós fechamos a luta, mas o cara (Holloway) inventou desculpas. Queríamos lutar em janeiro, depois março, abril... Foi passando sempre uma desculpa. Na primeira, ele tinha que levar o filho para a Disney, na outra que tinha quebrado o pé, que a academia no Havaí não abria. Isso é muito fácil para um atleta vir aqui e falar um monte de coisa, mas nós atletas, que estamos por dentro do UFC, que falamos diretamente com eles, sabemos o que realmente acontece. Então, não acreditem em tudo o que esses caras falam, porque vocês passam para os fãs. Isso não é verdade.

- Holloway 'fugindo' e vontade de passar por cima
Pois é, eu não sei se ele estava fugindo, mas agora temos um encontro marcado. Estamos esperando esse dia 3 de junho e, se Deus quiser, dará tudo certo. Pode ter certeza que será uma ótima luta da minha parte e eu vou passar por cima dele.

- Nova chance de lutar no Rio de Janeiro pelo UFC
Para mim é ótimo lutar no Rio, em casa, lugar que eu já conheço. Família, amigos, academia, não tem fuso, não tem adaptação. Foi ótimo! Querendo ou não, eu já sabia que isso poderia acontecer. Não teve em março, em abril, estava programado que eles falaram que ele iria lutar em junho. Se você observar bem, o UFC agora está com a mania de colocar os eventos nas cidades de grandes atletas. Não está tendo tanto em Las Vegas, está rodando bastante agora. Acabou sendo em Fortaleza, Rio, estão trazendo atletas locais para fazer grandes eventos.

- Holloway garantindo que vai roubar a coroa do rei
Po*** nenhuma, vai tomar nada. É só mais um que vai tentar aí. Estou treinando bastante e muito motivado com tudo aquilo que ele falou. Só me motivou cada vez mais. Eu vou nocautear agora. Acho que está bom de guerra (risos). Pode ter certeza que eu vou nocautear.

- Invetar algo novo na hora de comemorar a vitória
A arena estará lotada, pode ter certeza (risos). Principalmente pelo filme, eu fiquei bem popular. Acho que todo mundo conhece o Aldo agora e tem um carinho pela minha pessoa. Vamos pensar, sim, mas ainda não sei. A gente sempre pensa, porque receber o carinho da galera, essa atmosfera maravilhosa é sempre bom.

- Principais qualidades do Max Holloway
É um atleta que vem atravessando um bom momento, tem uma envergadura boa. A altura é boa. Tem um bom Kickboxing, chão bom. Não vou falar que é completo, mas se vira bem em todas. Não tem a mão dura, não é um cara nocauteador. Pode ter certeza, eu não vejo esse perigo que todo mundo acha. Eu tenho que ter respeito pelo meu adversário sempre, não importa quem seja, mas eu vou lá para vencer.

- Importância do projeto social de Manguinhos
É uma oportunidade muito grande fazer parte de novo de Manguinhos. Eu já vinha sendo atletas deles ano passado, teve problema, o projeto tinha acabado. Mas o Pedro (Rizzo) conseguiu colocar o projeto de novo funcionando. Eu tenho um projeto ali do outro lado também. Isso é legal para buscar campeões e cidadãos de bem.