Amanda 'confirma' bebê e comenta declaração de Aldo: 'O ser humano precisa aprender a respeitar'

Yago Rédua

15/03/2017 11:00

Após um 2016 perfeito, onde venceu as três lutas que realizou, conquistou o cinturão dos peso-galos feminino e ainda o defendeu com sucesso contra Ronda Rousey, Amanda Nunes aproveita o momento e começa a traçar planos para sua carreira e também a vida pessoal. A baiana, em entrevista coletiva no Instituto Reação, na Rocinha, Rio de Janeiro, falou sobre diversos temas, inclusive, sobre o fato de ter um bebê em 2018, com Nina Ansaroff, sua namorada, que também é lutadora e atleta do Ultimate.

Feliz com o carinho das crianças carentes do projeto social, a "Leoa" disse que esperar poder ajudar mais pessoas, que também tem o objetivo de abrir uma academia para o público feminino e, por fim, comentou as declarações de José Aldo sobre "não treinar com gays", dando o seu ponto de vista sobre o delicado tema.

3000x1997
Amanda Nunes esteve no Instituto Reação, na Rocinha, para atividade (Foto UFC)


Confira os principais trechos da entrevista com Amanda Nunes:

- Ter um bebê com a Nina em 2018

Sim! Vai ter bebê sim ano que vem (risos), a Nina (Ansaroff) vai engravidar, vai fazer uma inseminação artificial. Futuramente eu quero adotar uma criança também e daí umas dez crianças, com certeza (risos).

- Desejo de ajudar mais pessoas

A minha função agora... Durante a minha carreira toda, foi ser campeã. Agora, daqui para frente, quero fazer algo bom, não só ser campeã, mas também ajudar. Ajudar a salvar vidas, quero proporcionar muitas coisas boas para as pessoas. Acho que ser campeã não é só carregar isso aqui (o cinturão). É um trabalho longo manter o cinturão. Todo esse foco, todos compromissos... Eu quero poder ajudar de alguma forma.

- Próximo objetivo profissional

Meu próximo sonho é abrir uma academia. Eu quero focar no público feminino, eu mesmo passei por muitas dificuldades. Eu posso ajudar muitas meninas a conquistar o sonho mais rápido. Então meu próximo sonho é abrir uma academia. Estou decidindo ainda (se será dentro ou fora do Brasil). Vou sentar com algumas pessoas, tenho algumas propostas para decidir o que fica melhor, então vou decidir isso com bastante calma.

- Método para ser vitoriosa na vida

Tem que acreditar em sí mesmo, em todo momento eu acreditei em mim. Eu sempre acreditei que eu poderia ser campeã do mundo. Eu dediquei a minha vida inteira ao MMA. Acreditar em você é o mais importante.

- Declaração do Aldo sobre treinar com gays

Eu acho que cada um tem o seu ponto de vista. Eu treino com qualquer um... Homem, mulher, preto, branco, gay, lésbica... Não é nada disso. É respeitar e isso é muito importante. O ser humano precisa aprender a respeitar um ao outro para o mundo ser um melhor lugar, esse é meu ponto de vista.