Gadelha revela que 'saiu na porrada' com Joanna no TUF, e promete: 'Se minha mão pegar, ela cai'

Diogo Santarém

19/05/2016 07:00

* Desafetas declaradas, a campeã peso-palha Joanna Jedrzejczyk e Claudinha Gadelha finalmente irão se enfrentar pela segunda vez, no dia 8 de julho, em Las Vegas (EUA), pelo main event do TUF 23 Finale. As duas foram as técnicas da última edição do reality show The Ultimate Fighter nos Estados Unidos, e como ambas já revelaram, aconteceram muitos desentendimentos durante as gravações do programa.

Cria da Nova União, Claudinha segue com afinco a essência das artes marciais, que é a de sempre respeitar suas oponentes, assim como sua equipe e treinadores. Segundo ela, o mesmo não aconteceu com Joanna, e esse foi um dos grandes problemas entre as duas, que chegaram a literalmente "sair na mão" no último dia.

“Deu me***, sim. No último dia de gravação não nos seguramos e saímos na porrada. As câmeras já estavam desligadas, não havia mais ninguém lá e nós acabamos nos esbarrando. Mas pode deixar, no dia 8 de julho eu vou soltar tudo. A Joanna é uma provocadora, sempre provocou as adversárias dela. Eu já esperava que ela fosse fazer algo dentro da casa, só não que com os meus treinadores. Mas está tudo guardado aqui dentro do coração para eu soltar no octógono. Estou usando isso como força para o meu treinamento e com certeza vou conseguir a vitória. Ela que me aguarde”, declarou Gadelha em sessão de perguntas e respostas com fãs durante a promoção do UFC 198, na Arena da Baixada, em Curitiba, na última sexta-feira (13).

* Aldo e Nunes se divertem em sessão com fãs, e Gadelha extravasa: 'Pra relaxar gosto de fazer amor'

700x467
Claudinha Gadelha se destacou em sessão de perguntas e respostas com fãs (Foto UFC)


Confira algumas das respostas de Claudinha abaixo:

- Convivência com a Joanna na casa do TUF

Foi muito difícil conviver com a Joanna dentro da casa do TUF, ela é uma pessoa muito difícil de lidar, é desrespeitosa. Eu cresci dentro das artes marciais, então aprendi a respeitar tanto os meus adversários quanto meus treinadores e os treinadores dos meus adversários. O meu maior problema com ela foi esse, pois ela desrespeitou os meus treinadores, minha equipe e também a mim. Como vi ela quebrando algo que eu sigo a muito tempo, esse código, isso me incomodou, e acabamos nos desentendendo.

- Experiência em ser treinadora de um time

Para mim foi uma experiência fantástica ser treinadora de um time. Sempre convivo com treinadores muito bons e acho que isso transpareceu lá dentro da casa do TUF. Consegui passar tudo o que eles me passaram e até me surpreendi um pouco com o desempenho que eu tive, acho que isso foi reflexo de tudo que eu vivi na minha carreira e toda experiência que adquiri na Nova União, com todos que fizeram parte da minha formação.

- Desafio de lidar com as muitas provocações

Deu me***, sim. No último dia de gravação não nos seguramos e saímos na porrada. As câmeras já estavam desligadas, não havia mais ninguém lá e nós acabamos nos esbarrando. Mas pode deixar, no dia 8 de julho eu vou soltar tudo. A Joanna é uma provocadora, sempre provocou as adversárias dela. Eu já esperava que ela fosse fazer algo dentro da casa, só não que com os meus treinadores. Mas está tudo guardado aqui dentro do coração para soltar no octógono. Estou usando isso como força no treinamento e com certeza vou vencer.

- Análise da luta pelo título contra a Joanna

Vou trocar com a Joanna, sim. Hoje eu sou uma lutadora completa. No começo eu buscava a luta de chão por ser faixa-preta de Jiu-Jitsu, mas eu evolui bastante no Wrestling, na luta em pé também, então vocês podem esperar uma Claudinha andando pra frente, e se a mão pegar, ela cai. Podem ter certeza.

Vale lembrar que no primeiro encontro entre Joanna Jedrzejczyk e Claudinha Gadelha, em dezembro de 2014, a polonesa venceu por decisão dividida dos jurados, em resultado muito contestado pela brasileira e seu time.

CARD COMPLETO:

TUF 23 Finale
Las Vegas, nos Estados Unidos
Sexta-feira, 8 de julho de 2016

Joanna Jedrzejczyk x Cláudia Gadelha
Final do TUF 23 peso-meio-pesado
Final do TUF 23 peso-palha
Ross Pearson x Will Brooks
Doo Ho Choi x Thiago Tavares
Netto BJJ x Andrew Holbrook
Gray Maynard x Fernando Açougueiro
Cezar Mutante x Anthony Smith
Jake Matthews x Kevin Lee
Li Jingliang x Anton Zafir
John Moraga x Matheus Nicolau

* Direto de Curitiba (confira mais sobre o UFC 198 na cobertura exclusiva da TATAME no Versy; clique aqui)