Mesmo sem 'aparecer', Ronda ajuda Ultimate a superar marca de um milhão de PPV no UFC 207

Tatame

09/01/2017 10:10

620x413
Amanda Nunes teve atuação memorável e nocauteou Ronda Rousey no UFC 207 (Foto Getty Images)

Para encerrar o ano de 2016 com chave de ouro, o Ultimate organizou um card especial para seu último evento, o UFC 207. A edição marcou o retorno de Ronda Rousey ao octógono, pouco mais de um ano após a derrota para Holly Holm. Segundo estimativas da imprensa norte-americana, a franquia vendeu cerca de 1,1 milhões de pay-per-view nos Estados Unidos, para os fãs assistirem a grande vitória da brasileira Amanda Nunes, que manteve o cinturão dos galos.

O evento contou também com a disputa de cinturão dos galos masculinos, entre Dominick Cruz, que perdeu o título, e Cody Garbrandt, agora o novo campeão da divisão. A edição teria ainda mais destaque, caso a revanche entre os ex-campeões do peso-pesado Cain Velasquez e Fabrício Werdum não fosse cancelada.

Outro ponto que chama atenção pela grande marca de PPV, é o fato de a organização não ter explorado de maneira excessiva a mídia na semana do evento - como costuma fazer. Isso pelo fato de ter atendido a um pedido de Ronda e liberado a lutadora de qualquer compromisso com a imprensa e os fãs em Las Vegas.