Stewart dispara contra Comissão Brasileira após alteração no resultado da luta com Bodão: ‘Fede’

Tatame

23/11/2016 06:23

620x413
Darren Stewart teve o resultado do seu nocaute sobre Francimar Bodão alterado (Foto Buda Mendes/Zuffa LLC)

Darren Stewart fez sua estreia no Ultimate encarando Francimar Bodão, em São Paulo, Brasil, no último sábado (19). Além de estar fazendo sua primeira luta no maior evento de MMA do mundo, o inglês atuou na casa do seu oponente e ainda saiu vitorioso. O peso-meio-pesado Stewart conseguiu nocautear o atleta da Nova União com menos de dois minutos de embate, porém, ele não teve muito tempo para celebrar o triunfo.

* Bodão apela, e Comissão transforma revés para Stewart no UFC São Paulo em 'luta sem resultado'

Após a apelação de Bodão, a CABMMA (Comissão Atlética Brasileira de MMA) alterou o resultado do combate para “No Contest”, ou seja, sem resultado. O motivo dessa situação foi por causa de uma cabeçada ilegal que Stewart acabou acertando em Francimar e, segundo a Comissão, foi algo preponderante para a vitória do inglês. Por isso, o resultado foi alterado.

Depois de ficar sabendo da decisão, "O Dentista" - apelido de Darren - se revoltou e fez uma postagem nas suas redes sociais expressando um desabafo sobre a CABMMA e a decisão de alterar o resultado do combate.

“Dizer que estou desapontado é um eufemismo. Eu viajei para o Brasil, perdi o segundo aniversário do meu filho, uma data que deixei passar para que minha noiva e filho me vissem competindo no Brasil. A situação toda fede. Eu coloquei muito tempo e dinheiro nessa luta e seus companheiros da Comissão Brasileira de MMA derrubaram a decisão. Lutar contra um brasileiro no Brasil é algo que todo lutador deve pensar muito. Se eu tivesse perdido e fizesse um apelo à comissão Brasil, duvido que fosse acatado porque não sou brasileiro. Vamos fazer uma revanche em Londres, dia 18 de março, e se eles se recusarem a revanche, isso apenas fede ainda mais”, postou o lutador inglês, que promete recorrer da decisão da CABMMA.