Após estreia com o pé direito no Bellator, Rory MacDonald afirma: ‘UFC errou ao me deixar sair’

    Rory MacDonald teve uma boa passagem pelo UFC, contudo, o maior evento de MMA do mundo não demonstrou muito interesse em manter o atleta depois do canadense acumular dois reveses seguidos. Por isso, o ex-desafiante ao cinturão meio-médio assinou com o Bellator e, na última sexta-feira (19), fez sua estreia na nova organização. Logo de cara, MacDonald finalizou Paul Daleyque também soma uma passagem pelo Ultimate. Após a vitória, o estreante afirmou, em entrevista para o site MMA Fighting, que o Ultimate errou ao não renovar seu contrato e deixá-lo ir embora.

    “Talvez o UFC devesse ser mais cuidadoso com o que e quem eles deixam escapar. É como eu disse no passado: os lutadores não podem estar 24 horas por dia, sete dias por semana, prontos para lutarem. O UFC errou ao me deixar sair. É culpa deles e um ganho para o Bellator”, afirmou Red King.

    MacDonald
    Rory acredita que o UFC errou ao deixá-lo ir para o Bellator (Foto reprodução)

    Feliz com a nova organização, MacDonald projetou uma longa estadia dentro do evento presidido por Scott Coker. O ex-Ultimate, inclusive, pode estar próximo de disputar o título dos meio-médios contra o vencedor do duelo entre o campeão Douglas Lima e Lorenz Larkin.

    “Eu abri muitos olhos e tenho certeza que os gestores do UFC sentem o mesmo. Estou onde queria, aqui, agora, e vou seguir minha jornada. Lutei na sexta-feira e vamos ver o que negociaremos. Estou muito feliz no Bellator e espero que seja recíproco. Prevejo uma relação de longa duração”, disse.

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome