Em alta durante a temporada, Gabriel Arges foca na busca pelo bi mundial e diz: ‘É a cereja do bolo’; confira

    Gabriel Arges (Foto: Reprodução)

    Por Yago Rédua

    Desde o último Mundial da IBJJF, em junho de 2016, quando garantiu sua primeira medalha de ouro do torneio na faixa-preta, Gabriel Arges colecionou diversas conquistas dentro do Jiu-Jitsu. O lutador garantiu títulos em etapas do Grand Slam da UAEJJF, além de faturar o World Pro, em Abu Dhabi, no último mês de abril, entre vários outros. Em entrevista à TATAME, o lutador da Gracie Barra revelou seu foco no bicampeonato mundial, a “coroação dessa performance”.

    “Sem dúvida, todos esses campeonatos serviram muito bem para me deixar preparado para o Mundial. Venho com um ritmo muito bom de campeonatos e o ouro no Mundial seria a cereja do bolo nesta temporada”, comentou Arges sobre o evento da IBJJF, que acontece nesta semana, na Califórnia (EUA).

    9
    Gabriel Arges ainda venceu torneios de GP, como o ACB Jiu-Jitsu, do Berkut (Foto reprodução)

    Além disso, Gabriel comentou sobre preparação para o evento, os principais nomes com quem vai disputar a medalha de ouro e também apontou que ainda não é este ano que irá participar do absoluto.

    Confira a entrevista completa com Gabriel Arges:

    – Preparação para o Mundial e principais concorrentes na divisão dos médios

    Muito boa (a preparação). Voltei para Northridge depois do World Pro e consegui fazer um camp muito produtivo por aqui. Estou bem preparado… Acredito que o Satava, Vitor Oliveira, Isaque Bahiense e Canuto são potencialmente os principais de acordo com a chave.

    – Sensação ao conquistar o Mundial em 2016 e momentos mais marcantes

    Foi uma chave complicada e serviu para provar mais do que nunca que estou entre os melhores médios do mundo. A sensação foi muito boa em fechar com o Otávio e espero que possamos repetir.

     

    – Foco no peso-médio e opção de não disputar o absoluto neste ano

    Não vai ser dessa vez ainda (que vou lutar o absoluto). Vou focar no peso-médio somente, mas não deixa de ser um objetivo pro futuro em minha carreira. Quem sabe no ano que vem.

    – Foco após o Mundial da IBJJF e planos para o restante da temporada

    O meu único foco depois do mundial vai ser o ADCC e o GP No-Gi do Berkut. A partir de 2018 vou voltar a fazer lutas casadas pelo Berkut e eu gostaria de lutar com quem os fãs desejarem mais.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome