Após destaque em 2016 e ‘ausências’ este ano, Andresa visa recomeço no Mundial: ‘Muita vontade de vencer’

    Por Mateus Machado

    Marcado para acontecer entre os dias 31 de maio e 4 de junho, o Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF é sempre recheado com a presença das maiores feras da modalidade, que entram em disputa pelo posto de maiores do mundo em suas respectivas categorias. Para a edição do ano de 2017, não será diferente. Uma das lutadoras confirmadas para o torneio é Andresa Correa, que no ano passado vinha embalada pelas conquistas do peso e absoluto no Europeu, Pan-Americano e Brasileiro, todavia, não conseguiu repetir o feito no Mundial, levando o ouro “somente” em sua categoria.

    Em 2017, por questões pessoais, Andresa não conseguiu competir o Europeu e o Brasileiro. No entanto, vem em forte preparação para a busca de mais um ouro na disputa do Mundial. Em entrevista exclusiva à TATAME, a faixa-preta da Alliance falou da sua expectativa para a competição da IBJJF, os últimos treinamentos antes do torneio e fez uma análise da sua categoria (meio-pesado), além de comentar sobre os seus planos para o segundo semestre dentro da arte suave.

    Confira a entrevista completa com Andresa Correa:

    – Série de títulos em 2016 e expectativa para o Mundial 2017

    Realmente, 2016 foi um grande ano para mim. Fui campeã peso e absoluto no Europeu, Pan-Americano e Brasileiro. Infelizmente, o Grand Slam não aconteceu no Mundial do ano passado. Este ano não consegui competir o Europeu, em Portugal, e nem o Campeonato Brasileiro por motivos pessoais, porém, estou muito motivada para este Mundial. Creio que não mudou nada, eu continuo com a mesma intensidade nos treinamentos e muita vontade de vencer, podem apostar nisso.

    andresacorrea
    Andresa Correa será uma das grandes atrações na disputa do Mundial deste ano (Foto reprodução)

    – Últimas semanas de preparação antes do Mundial

    Como sempre, a preparação no QG da Alliance é muito intensa com o comando do General Fabio Gurgel e também do Michael Langhi. Estou terminando meus treinos no camp do Rubens Charles Cobrinha em Los Angeles com os atletas da equipe e está sendo muito bom, está tudo indo bem.

    – Análise de sua categoria no Mundial da IBJJF deste ano

    Realmente, a categoria meio-pesado está bastante disputada com grandes nomes da nova geração. Todas ali estão em um nível técnico muito alto, por isso, será uma trajetória difícil, não podendo relaxar em nenhum momento, mas estou confiante na busca por mais uma medalha de ouro.

    – Avaliação da disputa do absoluto na competição

    Como sempre, o absoluto nunca foi fácil. Teremos grandes nomes concorrendo ao título. É até difícil citar nomes assim que possam vir como favoritas, já que todas têm potencial para chegar ao topo.

    – Planos para o restante da temporada após o Mundial

    Meu maior plano para o segundo semestre seria, com certeza, o ADCC (na Finlândia), porém, perdi a final da seletiva em São Paulo. Agora, vou focar no Mundial No-Gi da IBJJF, é o objetivo.

    – Preparação da Alliance em busca de mais um título por equipes

    Mais uma vez, a Alliance vem preparada e com uma equipe forte para este Mundial. A equipe está motivada para a busca de mais um título por equipes. Sabemos que o desafio não é fácil, porém, estamos unidos e preparados para mais uma “guerra” na busca por esse ouro.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome