Resumo do Mundial 2017: finais da faixa-preta feminina são definidas e Rudson Mateus leva o ouro duplo na marrom

    Bia Mesquita é uma das favoritas na disputa da categoria até 60 kg no ADCC 2017 (Foto: IBJJF)
    Experiente Bia Mesquita é uma das favoritas na disputa da categoria até 60kg no ADCC 2017 (Foto IBJJF)

    No terceiro dia de competições do Mundial da IBJJF, na Pirâmide de Long Beach, na Califórnia (EUA), no último sábado (3), além de serem conhecidas as finais do absoluto masculino e feminino, as decisões na faixa-preta entre as mulheres também ficaram decididas. Já na faixa-marrom, Rudson Mateus comandou a festa e conquistou o ouro duplo.

    6
    Bia Mesquita fará a decisão da divisão dos leves do Mundial (Foto: IBJJF)

    As oito finais envolvendo as lutadoras no Mundial foram decididas após árduas batalhas. No peso-pluma, Gezary Matuda vai encarar Talita Alencar. Na decisão dos leves, Bia Mesquita, que foi eliminada por Tayane Porfírio na semifinal do absoluto, terá pela frente Luiza Monteiro. Outro confronto que promete sair faísca é na finalíssima dos médios, entre Monique Elias e Ana Carolina Vieira, irmã do casca-grossa Rodolfo Veira.

    *Mundial 2017: Lo fará ‘estreia’ em final de absoluto contra Buchecha; Tayane e Nathiely decidem ouro

    Nos meio-pesados, um duelo entre a experiência de Andresa Correa com a juventude de Nathiely Jesus. Já nos pesados, Claudia do Val encara Talita Treta, companheira de treino de Leandro Lo. Além disso, Tayane Porfírio vai encarar a surpresa Venla Luukkonen, na decisão do super-pesados.

    Brilho na faixa-marrom

    Rudson Mateus foi o grande destaque na faixa-marrom. O lutador da Brasa CTA conquistou a divisão dos meio-pesados sobre Gustavo Espindola, da Ns Brotherhood. Logo depois, passou por cima do finlandês Perttu Tepponen, da Hilti BJJ Tampere, por 6 a 0, para garantir o ouro no peso-aberto.

    *Confira os resultados parciais do Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF 2017

    Outro faixa-marrom que brilhou na divisão dos leves, recheada de grandes talentos, como Pedro Paquito, Espen Mathiesen, Leo Lara e Dante Leon, foi Hugo Marques, da Sou Fighters, que se destacou e faturou a medalha dourada.

    Confira as finais no feminino faixa-preta/adulto:
    Peso-galo: Rikako Yuasa x Rayanne Amanda
    Peso-pluma: Gezary Matuda x Talita Alencar
    Peso-pena: Ana Carolina Schmitt x Emilie Maxine
    Peso-leve: Bia Mesquita x Luiza Monteiro
    Peso-Médio: Monique Elias x Ana Carolina Veira
    Peso-meio-pesado: Andresa Correa x Nathiely Jesus
    Peso-pesado: Cláudia do Val x Talita Treta
    Peso-superpesado: Tayane Porfírio x Vanla Luukkonen

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome