Coberturas Jiu-Jitsu Mundial 2017

Após vice no Mundial, Gezary Matuda desabafa sobre luta decisiva: ‘Meu Jiu-Jitsu é pra pegar’; saiba mais

Multicampeã no Jiu-Jitsu e representante da bandeira da American Top Team (ATT), Gezary Matuda acabou amargando o vice-campeonato no Mundial 2017 da IBJJF, realizado na última semana, em Long Beach, na Califórnia (EUA). Na decisão do peso-pluma feminino, a lutadora perdeu por 2 a 0 nos pontos para Talita Alencar, que faturou sua primeira medalha de ouro em Mundiais na faixa-preta e vibrou bastante. Nas redes sociais, porém, Gezary desabafou após o duelo decisivo, reclamando da postura da sua adversária e, em tom de provocação, exaltando o “Jiu-Jitsu pra pegar”.

Confira a postagem e deixe sua opinião:

3 comentários

  1. O choro é livre! O seu oponente lutou mais que vc e pronto, sem historias tristes pois isso não é postura de campeão.
    A Tatame devia fazer uma materia com a vencedora da luta ao inves de falar da dor de cotovelo de quem saiu derrotada justamente dentro do tatame.
    Oss

  2. É uma reflexão positiva. As regras deveriam valorizar os mais dispostos, os mais preparados, os mais resistentes. Façam uma matéria sobre o Gracie World’s – só finalização- empates- ambos fora!
    A medalha de prata tem valor!
    Regras que valorizam a amarração vão tornar o Bjj amador num judô burocrático e amador.

Deixe uma resposta