Jiu-Jitsu

De olho no Brasileiro, membros de federações destacam ‘seriedade’ da CBJJD e busca por medalhas; confira

No próximo dia primeiro, o Clube Municipal, na Zona Norte do Rio de Janeiro, será palco do Campeonato Brasileiro da CBJJD, a quarta etapa do ranking. O evento contará com a presença de lutadores de diversos estados do Brasil, como São Paulo e Brasília, por exemplo. Em conversa com a TATAME, Carlos Alexandre, professor de Jiu-Jitsu e membro da federação paulista, contou a importância da competição e falou sobre a credibilidade dos organizadores do evento.

10
Deputado Júlio César, fundador do compete Brasília, Dona Sônia sua esposa, Natalino, da FJJB, e Marisa sua esposa (Foto: Arquivo Pessoal)

“Não só eu, mas como os faixas-preta da equipe que vão estar participando, avaliamos muito a organização que estaremos levando os nossos atletas. Por conhecer o Gavazza (vice-presidente da CBJJD) e saber que é um cara extremamente sério, tem ainda o Carlão (Barreto) e o mestre Sylvio Behring, presidente da CBJJD, como um dos caras que encabeçam a entidade, passa mais credibilidade ainda. Nós estaremos tirando um tempo da agenda aqui em São Paulo, que é bastante complicada, porque nós trabalhamos com muitos eventos, mas não só eu vou descer com uma delegação de uns 20 atletas, como vou vestir quimono para competir após seis anos “, apontou.

Rodrigo Natalino, presidente da FJJB, contou que levará 40 atletas para o torneio no Rio de Janeiro através do programa “Compete Brasília”, que é um suporte dado aos atletas brasilienses.

“É o primeiro campeonato de nível nacional que a federação de Brasília vai lutar, então a galera está super animada. Estamos indo com 40 atletas e seis pessoas na comissão técnica, para ajudar no apoio. Nenhum atleta vai pagar passagem, estão todos indo pelo programa ‘Compete Brasília’, que é um programa da Secretaria de Esportes. Estamos muito satisfeitos. É importante também para aumentar o nível de Jiu-Jitsu aqui no estado”, comentou Rodrigo, relembrando a conquista que teve há nove anos em um campeonato realizado na Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

“Em 2008, o Gavazza fez o encontro de seleções em Cabo Frio (Rio de Janeiro), eu levei uma delegação aqui de Brasília, um ônibus com 40 atletas. Neste desafio, nós fomos campeões aí dentro do Rio de Janeiro, foi bem bacana. Ficamos até surpresos com o resultado de tão bom que foi, então, estamos pilhando a galera. O formato é diferente, mas queremos manter esse nível para voltarmos com um número de medalhas bem satisfatório”, encerrou o mandatário Rodrigo Natalino.

Inscrições para o Campeonato Brasileiro: clique aqui
Edital do Campeonato Brasileiro: clique aqui

Deixe uma resposta