Sonnen ‘anula’ Wanderlei e vence no main event do Bellator 180; Matt Mitrione nocauteia Fedor

    Chael Sonnen derrotou Wanderlei Silva por decisão unânime dos jurados (Foto: Reprodução)
    Chael Sonnen derrotou Wanderlei Silva por decisão unânime dos jurados (Foto: Reprodução)

    Uma noite histórica de lutas marcou o Bellator 180, que foi realizado neste sábado (24), em Nova York, nos Estados Unidos. Os fãs de MMA foram agraciados com grandes duelos no tradicional Madison Square Garden. Na luta principal do evento, Chael Sonnen foi dominante sobre Wanderlei Silva na luta de solo e venceu o brasileiro por decisão unânime. No co-main event, em luta que teve um desfecho inusitado, Matt Mitrione derrotou Fedor Emelianenko por nocaute ainda no primeiro round.

    O evento ainda contou com três disputas de cinturão. Pelos meio-pesados, o estreante Ryan Bader superou Phil Davis por decisão dividida e se tornou o novo campeão. Pelos meio-médios, com uma atuação segura, o brasileiro Douglas Lima derrotou o ex-UFC Lorenz Larkin por decisão unânime dos jurados, mantendo o título. Por fim, na divisão dos leves, com uma lesão sofrida nos primeiros momentos da luta, Michael Chandler não pôde continuar no embate. Desta forma, Brent Primus, seu adversário, foi declarado vencedor e novo campeão da categoria.

    Sonnen traça boa estratégia e vence Wanderlei

    Como já era esperado em sua estratégia, Chael Sonnen começou a luta já aplicando a queda em Wanderlei Silva. Pressionando o brasileiro na grade, o americano passou a aplicar fortes golpes. Alguns minutos depois, a luta voltou a ficar em pé, e foi a vez do “Cachorro Louco” mostrar suas armas. Com um potente soco, Wand levou Sonnen ao chão, mas rapidamente, Chael revertou a posição e ficou por cima, ficando assim até o fim do assalto.

    O segundo round também começou bem agitado. Sonnen buscou uma joelhada logo nos primeiros segundos, mas Wanderlei absorveu bem o golpe e conectou um bom golpe sobre seu adversário. Chael voltou a derrubar o brasileiro, mas sem efetividade, a luta voltou a ficar em pé. O americano voltou a aplicar a queda, mas desta vez conseguiu estabilizar a posição, conectando golpes efetivos no ground and pound e garantindo nova vantagem sobre o brasileiro.

    No terceiro e último assalto, seguindo o roteiro dos rounds anteriores, Sonnen voltou a derrubar Wanderlei. Mais uma vez com a posição estabilizada, o americano tentou finalizar o brasileiro no braço, mas não obteve sucesso. Nos minutos finais, Chael seguiu dominante no solo e, desta forma, saiu com a vitória por decisão unânime dos jurados, se recuperando do revés para Tito Ortiz.

    Chael Sonnen derrotou Wanderlei Silva por decisão unânime dos jurados (Foto: Reprodução)
    Chael Sonnen derrotou Wanderlei Silva por decisão unânime dos jurados (Foto: Reprodução)

    Em desfecho surpreendente, Mitrione supera Fedor

    Um desfecho, no mínimo, inusitado marcou o confronto entre Fedor Emelianenko e Matt Mitrione. Após um início de luta estudado, os dois lutadores buscaram a aproximação para começarem a conectar os golpes. O que ambos não esperavam, certamente, era o que viria a seguir. Fedor e Mitrione aplicaram socos ao mesmo tempo, quase ocasionando um “nocaute duplo” no combate. Mitrione, no entanto, reagiu de forma mais rápida e “matou” a luta, nocauteando a lenda russa ainda no primeiro round, impressionando o público presente no Madison Square Garden.

    Matt Mitrione foi mais ágil e nocauteou Fedor Emelianenko ainda no primeiro round (Foto: Bellator)
    Matt Mitrione foi mais ágil e nocauteou Fedor Emelianenko ainda no primeiro round (Foto: Bellator)

    Após lesão de Chandler, Primus fatura cinturão peso-leve

    Uma infelicidade marcou a luta entre Michael Chandler e Brent Primus, que disputaram o título peso-leve do Bellator. Logo no início do confronto, ao tentar se defender de um chute, o então campeão torceu o tornozelo esquerdo. Bravamente, Chandler tentou continuar no duelo, todavia, acabou forçando ainda mais a lesão, pisando em falso diversas vezes dentro do cage.

    Desta forma, a única saída foi a paralisação da luta para o lutador ser examinado. Os médicos decidiram que Michael Chandler não poderia continuar no confronto, sendo assim, Brent Primus foi declarado vencedor por interrupção médica, tornando-se o novo campeão peso-leve do Bellator.

    Brent Primus se aproveitou de lesão de Michael Chandler e saiu com a vitória e o cinturão (Foto: Bellator)
    Primus se aproveitou de lesão de Michael Chandler e saiu com a vitória e o cinturão (Foto: Bellator)

    Douglas Lima supera Larkin e mantém título dos meio-médios

    Após um primeiro round bem tímido por parte dos lutadores, o segundo assalto ficou marcado por boas ações. O primeiro grande golpe foi aplicado por Lorenz Larkin, que conectou um forte soco em Douglas Lima. O brasileiro se recuperou bem e, logo depois, respondeu, levando o ex-UFC ao solo com um potente knockdown. Desta forma, o segundo round terminou com Douglas em vantagem.

    No terceiro round, mantendo o bom ritmo do assalto anterior, Douglas Lima começou de forma mais ofensiva, aplicando bons chutes sobre Larkin. Na sequência o brasileiro seguiu melhor na trocação, seguindo em vantagem contra o americano. No quarto assalto, o combate voltou a ficar morno, no entanto, com Lorenz mostrando mais movimentação. Douglas cresceu nos últimos segundos e, após um “empurrão”, derrubou seu oponente, terminando a parcial grudado no ex-lutador do Ultimate.

    O quinto e último round reforçou a atuação segura de Douglas Lima. Controlando bem a distância e as principais ações de Lorenz Larkin, o brasileiro se movimentou bem pelo cage e aplicou os golpes no momento certo. Ao final da luta, Douglas foi declarado vencedor por decisão unânime, mantendo-se campeão

    Douglas Lima, com atuação segura, derrotou Lorenz Larkin por decisão unânime (Foto: Bellator)
    Douglas Lima, com atuação segura, derrotou Lorenz Larkin por decisão unânime (Foto: Bellator)

    Bader vence Phil Davis e fatura cinturão meio-pesado

    Na primeira disputa de cinturão do Bellator 180, pela divisão dos meio-pesados, um confronto bem equilibrado entre Phil Davis e Ryan Bader. Os dois lutadores, que são exímios wrestlers, basearam o confronto na luta em pé, todavia, não ofereceram momentos de muita ação aos torcedores, com poucos momentos de trocação franca e quedas eficientes. Ao fim do combate, realizado em cinco rounds, a vitória foi declarada, por decisão dividida, para Bader, que sagrou-se o novo campeão meio-pesado do Bellator, logo em sua estreia pela organização.

    Ryan Bader traçou melhor estratégia e venceu Phil Davis por decisão dividida (Foto: Bellator)
    Ryan Bader traçou melhor estratégia e derrotou Phil Davis por decisão dividida (Foto: Bellator)

    RESULTADOS COMPLETOS:

    Bellator 180
    Sábado, 24 de junho de 2017
    Madison Square Garden, em Nova York (EUA)

    Card Principal

    Chael Sonnen derrotou Wanderlei Silva por decisão unânime dos jurados
    Matt Mitrione derrotou Fedor Emelianenko por nocaute técnico no 1R
    Douglas Lima derrotou Lorenz Larkin por decisão unânime dos jurados
    Brent Primus derrotou Michael Chandler por interrupção médica no 1R
    Zach Freeman finalizou Aaron Pico com uma guilhotina no 1R
    Ryan Bader derrotou Phil Davis por decisão dividida dos jurados
    James Gallagher finalizou Chinzo Machida com um mata-leão no 1R
    Neiman Gracie finalizou Dave Marfone com um mata-leão no 2R
    Heather Hardy derrotou Alice Yauger por nocaute técnico no 3R

    Card Preliminar

    Ryan Couture derrotou Haim Gozali por decisão unânime dos jurados
    Anthony Giacchina finalizou Jerome Mickle com um mata-leão no 3R
    Hugh McKenna finalizou John Salgado com uma kimura no 1R
    Matt Rizzo finalizou Sergio da Silva com um katagatame no 3R
    Bradley Desir derrotou Nate Grebb por nocaute no 1R

    6 COMENTÁRIOS

    1. que marmelada foi essa wanderlei vs sonnen… sonnen jogava pro chao n desenvolvia nada e ainda saiu campeao, correu o tempo todo da trocação e quando ia pro chão, n era efetivo, me desculpe mais maior marmelada… feao….

      • Filhão isso chama-se MMA, quando mudar de nome me avisa. Wanderlei foi um babaca do começo ao fim, ele sabe a regra do jogo então porque não se preparou melhor. Jogo do Sonnen todos já sabíamos qual era e não seria diferente nessa altura do campeonato. MMA vence quem tem as melhores ferramentas e estiver melhor preparado.

    2. O Wanderley é um fanfarrão, só tem papo e ainda por cima é mal educado. Perdeu feio e ainda por cima vai lá e empurra o Sonnen, que estava dando entrevista. Se o Wanderley for banido do esporte, vai ser bom para o esporte, bom para ele e bom pra todo mundo. Limitado de mais, lutando e ainda por cima pouco inteligente, porque sabia que o jogo do Sonnen é wrestler e só, mas, usou o que sabe com competência. Agora o Wand diz que sabe JJitsu, mas, não fez nada no chão, não tem boxe, não tem nada. O Wanderley é totalmente zero. Imagina se o Wanderley for lutar com o crocop? vai levar um cacete daqueles, e olha que o crocop já prometeu rancar os dentes do Wanderley. Olha, se o Wanderley pendurar as luvas agora, não vai fazer falta nenhuma no esporte.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome