Confirmado no Gracie Pro, Celsinho exalta valorização dos atletas: ‘É um grande incentivo’

    Celsinho Venecius exaltou a superluta entre Buchecha e Roger (Foto: Reprodução)

    Por: Yago Rédua

    Faltando menos de um mês para ser realizado, o Gracie Pro, que terá como palco a Arena Carioca 1, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, nos dias 22 e 23 de julho, vem agitando o mundo do Jiu-Jitsu. Aos poucos, grandes nomes da arte suave estão sendo anunciados. Após Marcus Buchecha e Roger Gracie, que farão a superluta do evento, e Tayane Porfírio, Celsinho Venicius, tricampeão mundial, e Antônio Braga Neto, também estarão em ação no campeonato organizado por Kyra Gracie.

    17
    Celsinho Venicius exaltou a superluta entre Buchecha e Roger Gracie (Foto: Reprodução)

    Em entrevista à TATAME, Celsinho comentou sobre a oportunidade do Rio de Janeiro voltar a sediar um evento com grandes nomes do Jiu-Jitsu. O casca-grossa disse que é uma grande alegria competir em sua cidade.

    “O fato de trazer grandes nomes para o evento ajuda bastante na divulgação, pessoas querem lutar, se testar e o Rio de Janeiro acabou ficando carente. O Mundial, Pan, os maiores eventos são todos fora do país. Não é todo mundo que tem acesso. São campeonatos de difícil acesso. Até o Brasileiro migrou para São Paulo. Ter todas essas estrelas lutando no Rio de Janeiro será bom demais. Estou feliz para caramba de poder competir. Eu sempre falo que, quando o atleta é estimulado, ele luta com mais vontade, feliz. Vamos com a cabeça melhor, mais preparado. Estou muito feliz em poder lutar e quando o evento te oferece uma estrutura, um ginásio legal… É minha terra natal e é difícil lutar lá, porque quase não tem evento. Então, vai ser muito legal”, comentou Celsinho, afirmando que a proposta de “valorizar” os atletas é um dos diferenciais do Gracie Pro.

    “O Gracie Pro está vindo com uma proposta boa para o atleta. Isso é muito bom para quem luta, como a Federação de Abu Dhabi (UAEJJF) faz também. Muita gente não tem a oportunidade de ir para Abu Dhabi, lutar uma seletiva, e o Gracie Pro está fazendo isso de uma forma acessível. Está sendo organizado pela Kyra (Gracie), uma pessoa que foi atleta, ela sabe das dificuldades dos atletas e está buscando a valorização. É um grande incentivo”, contou o faixa-preta.

    Sobre a principal luta do evento, o campeão mundial preferiu não “opinar” a respeito do favorito. Contudo, Celsinho frisou que é importante saber como Roger Gracie estará preparado para a luta.

    “Essa, com certeza, é a luta mais esperada do Jiu-Jitsu, na minha opinião, de todos os tempos. O Roger (Gracie) é o maior campeão de todos os tempos e o Buchecha o maior campeão da atualidade. Dois monstros. São dois caras que eu gosto para caramba, admiro muito. Difícil falar um vencedor. Acho o Roger muito sinistro. Acho que foi o pior cara que eu treinei na minha carreira (risos). E o Buchecha está voando, ganhando todos os campeonatos peso e absoluto. É difícil opinar, sem saber como o Roger está (fisicamente). Essa luta vai depender muito da preparação do Roger para o Jiu-Jitsu. Vai depender do espírito dele. Eu quero assistir essa luta, prefiro nem opinar (risos). É melhor comentar depois do que eu achei (risos)”, encerrou.

    Para informações de inscrições e ingresso: clique aqui

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome