Dana se revolta com decisão de Yamasaki: ‘Se preocupa mais em fazer coraçãozinho’; entenda

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 26/06/2017
Dana se revolta com decisão de Yamasaki: ‘Se preocupa mais em fazer coraçãozinho’; entenda Mário Yamasaki

publicidade

Realizado no último domingo (25), em Oklahoma, nos Estados Unidos, o UFC Fight Night 112 ficou marcado por uma grande polêmica em sua luta principal, disputada entre Michael Chiesa e Kevin Lee. O confronto em questão tinha muita expectativa por parte do público, já que os lutadores quase chegaram às vias de fato em duas oportunidades antes de, enfim, dividirem o mesmo espaço dentro do cage. No entanto, o que tinha tudo para ser um bom combate, acabou, de certa forma, frustrante e controversa.

Mário Yamasaki

Mário Yamasaki despertou a ira de Dana e torcedores após decisão polêmica (Foto Getty Images)

A polêmica se deu por conta do árbitro Mário Yamasaki ter interrompido o duelo, no fim do primeiro assalto, alegando que Michael Chiesa não estava mais “reagindo” à finalização aplicada por Kevin Lee na luta. Com a decisão polêmica, Yamasaki despertou a ira de diversos torcedores e até mesmo de Dana White, presidente do Ultimate, que utilizou suas redes sociais para demonstrar toda sua revolta com o árbitro.

“Mário Mazzagatti fez isso de novo!!! Esse cara está mais preocupado com essa idiotice de fazer coraçãozinho do que em arbitrar a luta!!! Roubou um excelente momento do Lee e ainda impediu que Mike lutasse ou batesse. Ninguém dá a mínima se você faz um coraçãozinho com suas mãos, igual a uma garota de 12 anos. As pessoas querem que você preste atenção no que está acontecendo na luta e faça o seu trabalho”, disparou Dana.

Veja a publicação do presidente do Ultimate:

 

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade