MMA UFC

Weidman tem apelo negado pela Comissão de NY, por derrota para Mousasi no UFC 210; confira

A derrota sofrida para Gegard Mousasi no UFC 210, em abril, ainda está na cabeça de Chris Weidman. O “All American” contou que entrou com um recurso por causa do polêmico nocaute técnico sofrido para o oponente. Desta forma, o ex-campeão pretendia transformar o revés em “No Contest”, contudo, o apelo feito à Comissão Atlética de Nova York foi negado.

77
Chris Weidman queria reverter a decisão para “No Contest” (Foto: Getty Images)

“Recebi o e-mail no domingo. Eu não tive sucesso no apelo. Não era uma coisa que eu não esperava, nem mesmo li isso. A minha esposa estava vendo. Eu teria ficado surpreso (se eles tivessem mudado a decisão inicial). Eles admitirem que estavam errados teria me deixado um pouco surpreso”, comentou o lutador, que espera não ter problemas em sua próxima luta, também no estado de Nova York, desta vez, contra Kelvin Gastelum, no próximo dia 22.

“Vou lutar no meu estado, diante dos meus fãs, de amigos e da minha família. Eu ficarei à vontade. Se a comissão quiser que as coisas fiquem esquisitas, isso é com eles. Eu não vou deixar que isso me afete”, encerrou.

Já conhece o App da TATAME para celular e o nosso shopping virtual? Clique e saiba mais!

Relembre o polêmico nocaute:

‪#UFC210 Resultado de la Pelea: Victoria de Gegard Mousasi (TKO) #WeidmanVsMousasi ‬

Uma publicação compartilhada por Viva Nicaragua, Canal 13 (@vivanicaragua13) em

 

2 comentários

Deixe uma resposta