Depois de quatro anos no Ultimate, Gegard Mousasi anuncia ida para o Bellator; confira os detalhes

    Gegard Mousasi anunciou nesta segunda a sua ida para o Bellator (Foto: Getty Images)
    Gegard Mousasi anunciou nesta segunda a sua ida para o Bellator (Foto: Getty Images)

    Quarto colocado no ranking peso-médio do Ultimate e um dos postulantes a uma futura disputa de cinturão dentro da organização, Gegard Mousasi não fará mais parte do plantel de lutadores da franquia. Nesta segunda-feira (10), o lutador anunciou que assinou contrato de seis lutas com o Bellator, maior concorrente do UFC. Vale ressaltar que o iraniano naturalizado holandês vinha em reta final de contrato com o Ultimate e vinha em rota de colisão com a companhia nas negociações para uma possível renovação.

    Atualmente com 31 anos, chegou ao Ultimate em 2013 e, durante sua passagem pela maior organização de MMA do mundo, contabilizou nove vitórias e três derrotas. Mousasi vem em grande fase na sua carreira, vindo de cinco triunfos consecutivos, sendo o último contra Chris Weidman, em abril deste ano.

    Gegard Mousasi anunciou nesta segunda a sua ida para o Bellator (Foto: Getty Images)
    Gegard Mousasi anunciou, nesta segunda-feira, a sua ida para o Bellator (Foto: Getty Images)

    “Estou procurando ser campeão lá (no Bellator). Se isso der certo, vou tentar subir de categoria e lutar pelo título dos meio-pesados também. Mas, em um primeiro momento, meu objetivo é conquistar o cinturão dos médios. Nós negociamos (com o Ultimate), mas essa (ida para o Bellator) foi a melhor escolha para minha carreira. Em determinado momento, eles decidiram que não iriam mais cobrir a proposta do Bellator e, assim, ficou claro que eu iria lutar pelo Bellator”, disse Mousasi, em entrevista ao MMA Fighting.

    Com a contratação confirmada, Gegard Mousasi se junta a outros nomes que também já fizeram parte do plantel de lutadores do UFC, como Wanderlei Silva, Chael Sonnen, Ryan Bader, Phil Davis, Ben Handerson, Rory MacDonald, Lorenz Larkin, entre outros.

    COMPARTILHAR

    5 COMENTÁRIOS

    1. UFCIrco decadencia total!!! Depois q.os irmãos Fertitta sairam a tentencia é o Bellator decolar, pois os atuais organizadores do UFClixo vai retroceder a cada dia…

    2. Perderam um Excelente lutador, basta verem o cartel dele. Seria um futuro dono do cinturão. O Michael Bisping deve está rezando agradecendo de não lutar com o Moussassi.

    3. Moussassi nunca iria ser campeão do ufc , categoria travada, na melhor das hipoteses , iria disputar o cinturão em 2019, isso vencendo umas 4 lutas com tops, e ganhando menos grana, prefiriu a grana , eu também tomava a mesma decisão , efeito Mggregor e muito bom para os lutadores, mais para o publico de mma , vai acabar o estilo tyson, e aí entra o estilo Belfort e esporte, esse mma , niguém quer ver, o que queremos e garra e sangue.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome