Erberth, Tayane, Caloquinha e Cláudia do Val se destacam na disputa do BH Open; saiba mais

    Erberth Santos faturou o absoluto no BH Open ao vencer Dimitrius (Foto: No Tatame/IBJJF)
    Erberth Santos faturou o absoluto no BH Open ao vencer Dimitrius (Foto: No Tatame/IBJJF)

    O último final de semana (dias 8 e 9) ficou marcado pela disputa do Belo Horizonte Open de Jiu-Jitsu, que foi realizado no Estádio Jornalista Felipe Drummond, em São Luiz. Nas disputas com quimono, destaques para Erberth Santos e Tayane Porfírio. O lutador da Atos Jiu-Jitsu não entrou em ação em sua divisão de peso, mas disputou o absoluto e foi o grande campeão, derrotando Dimitrius Souza na final. Já Tayane segue em grande fase. A fera da Alliance garantiu o ouro duplo, primeiro no superpesado, que não contou com outras inscritas, e posteriormente no peso aberto, onde superou Fernanda Mazzelli na decisão.

    Erberth Santos faturou o absoluto no BH Open ao vencer Dimitrius (Foto: No Tatame/IBJJF)
    Erberth Santos faturou o absoluto no BH Open ao vencer Dimitrius Souza na final (Foto: No Tatame/IBJJF)

    O masculino faixa-preta contou com boas disputas nas lutas com quimono. No peso-galo, Aniel Bonifácio levou o ouro, com Tharcisio Silva em segundo lugar. Na divisão dos plumas, Douglas Rufino foi o grande campeão, com Bruno Henrique garantindo o vice. Na sequência, Deivines Lima, Ricardo Lima, Sandro Gabriel, Marcos Junior, Dimitrius Souza, Fernando dos Reis e Antônio de Pádua, nas categorias pena, leve, médio, meio-pesado, pesado, superpesado e pesadíssimo, respectivamente.

    No feminino faixa-preta, pela divisão dos leves, Ariane Pereira garantiu o ouro. Na categoria meio-pesado, Cláudia do Val ficou com o título, assim como Fernanda Mazzelli na divisão dos pesados.

    Tayane Porfírio faturou o ouro duplo no BH Open de Jiu-Jitsu (Foto: No Tatame/IBJJF)
    Tayane Porfírio faturou o ouro duplo no Belo Horizonte Open de Jiu-Jitsu (Foto: No Tatame/IBJJF)

    Claudio Caloquinha se destaca nas disputas sem quimono

    Além das disputas no pano, o BH Open de Jiu-Jitsu também contou com duelos sem quimono. No masculino, destaque para Claudio Caloquinha, da Gracie Barra, que garantiu o ouro duplo, primeiro em sua categoria, a dos meio-pesados, onde derrotou Marcelo Cortelasse, e posteriormente no peso aberto, superando Marcos Junior na grande final.

    No feminino, destaque para Cláudia do Val, que também garantiu duas medalhas de ouro. A atleta da De La Riva JJ lutou somente no absoluto, onde venceu Carla de Souza na grande final, mas também ficou com o título no peso-pesado, que não contou com outras inscritas.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome