Jiu-Jitsu

Keenan Cornelius e Bia Mesquita faturam ouro duplo nas disputas do American National; confira

Realizado nos últimos dias 6, 7 e 8 de julho, o American National, organizado pela IBJJF, contou com diversas feras da arte suave em ação. Nas disputas da faixa-preta com quimono, destaques para Keenan Cornelius e Bia Mesquita, que faturaram o ouro duplo, no masculino e feminino, respectivamente. O lutador da Atos Jiu-Jitsu conquistou primeiro o título na divisão dos pesados, com Josh Ringer, também da Atos, em segundo lugar. Logo depois, no peso aberto, Keenan voltou a garantir o primeiro lugar do pódio, novamente com Josh garantindo o vice. Já Bia levou o ouro na divisão dos médios, superando Nívia Moura, da Ribeiro Jiu-Jitsu. No peso aberto, a fera da Gracie Humaitá voltou a vencer Nívia, consolidando seu ouro duplo.

Keenan Cornelius brilhou no American National e faturou o ouro duplo (Foto: Reprodução)
Keenan Cornelius brilhou na disputa do American National e faturou o ouro duplo (Foto: Reprodução)

Nas disputas por categoria no masculino faixa-preta, destaques para Lucas Pinheiro, que derrotou Edmund Li para garantir o título no peso-galo. Nos penas, Osvaldo Queixinho ficou com o ouro ao vencer Thiago Macedo na grande decisão. Renato Canuto e Jaime Canuto ficaram no primeiro lugar do pódio ao conquistarem a medalha dourada nos leves e nos médios. Além disso, Lucas Hulk, Dany Guy, Gabriel Lyrio também venceram nas categorias meio-pesado, superpesado e pesadíssimo, respectivamente.

Já no feminino, além das grandes atuações de Bia Mesquita, as disputas contaram com outros destaques, como Tammi Musumeci, que ficou com o ouro na divisão dos penas, Jena Rae, campeã nos leves, e Charlene Coats, no superpesado.

Bia Mesquita, assim como Keenan, garantiu o ouro duplo no American National (Foto: Reprodução)
Bia Mesquita, assim como Keenan, garantiu o ouro duplo no American National (Foto: Reprodução)

Josh Hinger e Monique Carvalho brilham nas disputas sem quimono

Já sem o pano, o American National contou com os destaques de Josh Hinger e Monique Carvalho, que levaram o ouro duplo nas disputas. O atleta da Atos JJ International levou o ouro nos pesados, com Keenan Cornelius em segundo lugar, e posteriormente no absoluto, superando Diego Dias, da ZR Team California, na grande final.

Já Monique Carvalho, da CheckMat, primeiro faturou o título na categoria peso-médio, que não contou com outras lutadoras inscritas. Logo depois, voltou a garantir o ouro, desta vez no peso aberto, vencendo Hillary VanOrnum, da Impact Jiu Jitsu.

Deixe uma resposta