Jiu-Jitsu MMA

Campeão mundial de Jiu-Jitsu, brasileiro Thiago Moisés disputa cinturão inaugural do LFA; saiba mais

Thiago Moisés, natural de Indaiatuba, interior de São Paulo, começou a sua carreira no MMA como alguns craques do Jiu-Jitsu. Primeiro, optou por fisgar uma medalha de ouro no Mundial da IBJJF, quando ainda era faixa-azul, em 2011. O atleta ficou em primeiro no peso-pesado e em terceiro no absoluto, divisão aberta para todos os pesos. Depois do feito, decidiu migrar para o MMA.

“Sempre competi muito no Jiu-Jitsu quando mais novo e esse é o meu diferencial para os lutadores de MMA de hoje. Depois de ser campeão mundial pela IBJJF, foquei minha carreira no MMA. Eu fiz a final da categoria com o Isaque Bahiense naquela época e foram bons tempos de quimono”, contou.

Thiago Moisés vai disputar o cinturão inaugural peso-leve do LFA (Foto: Divulgação)
Thiago Moisés vai disputar o cinturão inaugural peso-leve do LFA contra americano (Foto divulgação)

Aos 22 anos e com nove vitórias, sendo quatro por finalização, e apenas uma derrota no cartel, Thiago está perto de conquistar o cinturão inaugural dos pesos leves do LFA (Legacy Fighting Alliance), uma das principais peneiras para o UFC, na próxima sexta-feira (21), em Charlotte, na Carolina do Norte, Estados Unidos. Hoje faixa-marrom de Jiu-Jitsu, Thiago vai encarar Robert Watley, que vem de sete vitórias seguidas na carreira, e mantém a confiança alta.

“Robert é um grande lutador, mas não está no meu nível em nenhum aspecto do jogo. Vou ganhar essa luta por nocaute ou finalização”, comentou o atleta, que também tem o cinturão do Ressurrection Fighting Alliance (RFA) na prateleira de casa e treina MMA desde os 15 anos de idade.

Thiago treina na famosa American Top Team (ATT), na Flórida, Estados Unidos, ao lado de feras como Adriano Moraes, Rodolfo Vieira, Antonio Cara de Sapato e outros talentos da equipe.

“Treinar na ATT é sensacional, todos os dias evoluindo e treinando com os melhores do mundo. É a Disney do MMA (risos)”, analisou o jovem atleta, antes de dizer a sua finalização preferida.

“Minha finalização preferida é o armlock. E com certeza a luta que mais marcou a minha carreira foi a luta em que eu usei o armlock helicóptero para finalizar, foi memorável”, encerrou Thiago.

Relembre a finalização no vídeo abaixo:

Deixe uma resposta