Weidman tem boa atuação, finaliza Kelvin Gastelum e volta a vencer; Thominhas é derrotado por Rivera

    Chris Weidman voltou a vencer pelo UFC após três derrotas consecutivas (Foto: Getty Images)
    Chris Weidman voltou a vencer pelo UFC após três derrotas consecutivas (Foto: Getty Images)

    A populosa Long Island, em Nova York, nos Estados Unidos, foi sede, neste sábado (22), do UFC on Fox 25. Na luta principal, após três derrotas seguidas, Chris Weidman voltou a ter uma boa atuação e finalizou Kelvin Gastelum um katagatame no terceiro assalto. No co-main event,  em combate bem disputado, melhor para Darren Elkins, que levou a melhor sobre Dennis Bermudez por decisão dividida dos jurados. Ainda no card principal, o brasileiro Thominhas Almeida teve bons momentos, mas acabou sendo superado por Jimmie Rivera por decisão unânime dos jurados.

    Chris Weidman voltou a vencer pelo UFC após três derrotas consecutivas (Foto: Getty Images)
    Chris Weidman voltou a vencer pelo UFC após três derrotas consecutivas (Foto: Getty Images)

    O card preliminar contou ainda com outros cinco brasileiros em ação. O estreante Junior Baby, Alex Cowboy e Elizeu Capoeira saíram vencedores contra Tim Johnson, Ryan LaFlare e Lyman Good, respectivamente. No entanto, Godofredo Pepey e Rafael Sapo foram derrotados por Shane Burgos e Eryk Anders.

    Weidman finaliza Gastelum e volta a vencer no Ultimate

    Depois de um início estudado por parte dos lutadores, Chris Weidman foi o primeiro a tomar iniciativa na luta, aplicando golpes na média distância sobre Kelvin Gastelum. Na sequência, o “All American” conseguiu a queda e, após uma certa resistência do adversário, estabilizou a posição, tentou uma kimura, mas não obteve êxito. A luta voltou a ficar em pé e, nos últimos segundos, Gastelum aplicou um forte cruzado de esquerda, que levou Weidman ao solo, no entanto, o ex-campeão foi salvo pelo fim do round.

    No segundo assalto, Weidman buscou logo a aproximação e, sem maiores dificuldades, conseguiu a queda. Chris novamente estabilizou a posição no solo e, colocando Kelvin de costas no cage, passou a trabalhar no ground and pound, saindo em vantagem ao final da parcial. No terceiro round, ciente de que estava em desvantagem, Gastelum partiu para a trocação franca, mas o ex-campeão dos médios soube responder à altura e também aplicou bons golpes. Mostrando uma grande técnica de Wrestling, o “All American” voltou a colocar seu oponente no chão e, desta forma, definiu a luta a seu favor. Com tranquilidade, fez boa transição das costas para o katagatame, finalizando Gastelum e voltando a vencer após três derrotas consecutivas.

    Chris Weidman definiu a luta finalizando Gastelum no katagatame (Foto: Getty Images)
    Chris Weidman definiu a luta finalizando Kelvin Gastelum no katagatame (Foto: Getty Images)

    Rivera vence Thominhas e segue embalado nos galos

    Nos primeiros minutos, o que se viu foi uma luta bem estudada na trocação entre Thominhas Almeida e Jimmie Rivera. A primeira boa ação veio por parte de Jimmie, que conectou um bom soco, que balançou o brasileiro. Depois de mais um breve momento na trocação, Rivera voltou a acertar o rosto do paulista em cheio, aplicando o segundo knockdown, que o levou a terminar o primeiro round em vantagem.

    No segundo assalto, o confronto seguiu na luta em pé e Rivera seguiu perigoso, com golpes bem aplicados, principalmente nos cruzados. Da metade para o fim da segunda parcial, Thominhas conseguiu equilibrar as ações e chegou a aplicar um knockdown, terminando o segundo round melhor. No terceiro e último assalto, Jimmie já começou aplicando uma bela queda sobre o brasileiro. Thominhas se levantou rapidamente e o combate voltou a ficar em pé. O lutador da Chute Boxe apostou todas as suas fichas na trocação, mas, sem muita efetividade, acabou saindo derrotado por decisão unânime dos jurados.

    Jimmie Rivera foi melhor em três rounds e superou Thominhas Almeida (Foto: Getty Images)
    Jimmie Rivera foi melhor nos três rounds e superou Thominhas Almeida (Foto: Getty Images)

    Com belo nocaute, Alex Cowboy supera LaFlare

    Logo no início, Ryan LaFlare grudou em Alex Cowboy, pressionou o brasileiro na grade e, mostrando boa técnica, derrubou seu adversário. Após estabilizar a posição, o americano ficou na posição dos 100kg e ficou boa parte do primeiro round desta forma, ficando em vantagem nos primeiros cinco minutos.

    No segundo assalto, o lutador de Três Rios viu mais liberdade para aplicar golpes na luta em pé e conectou bons socos no rosto do seu oponente. Cowboy viu a chance de definir a luta e, ao perceber a aproximação de LaFlare, aplicou um forte upper, que encaixou em cheio no rosto de Ryan, que já caiu nocauteado. Com o nocaute, o brasileiro emplacou sua quarta vitória consecutiva pelo Ultimate.

    Alex Cowboy aplicou belo nocaute sobre LaFlare e emplacou quarta vitória (Foto: Getty Images)
    Alex Cowboy aplicou belo nocaute sobre LaFlare e emplacou quarta vitória (Foto: Getty Images)

    Junior Baby nocauteia Johnson e estreia com nocaute no UFC

    Tim Johnson começou o duelo pressionando Junior Baby e aplicou boa sequência de golpes sobre o brasileiro, que ficou pressionado na grade. Ao segurar o ímpeto inicial do seu adversário, Junior começou a mostrar seu potencial e, com bons golpes, fui minando as forças do americano. Ao encurtar a distância, Baby definiu o combate ao aplicar um forte cruzado de esquerda e, na sequência, um cruzado de direita, nocauteando Johnson ainda no primeiro round. Com o triunfo, o brasileiro estreia com moral dentro do Ultimate e conquista sua décima vitória consecutiva na carreira.

    Junior Baby fez sua estreia pelo Ultimate com um belo nocaute sobre Tim Johnson (Foto: Getty Images)
    Junior Baby fez sua estreia pelo Ultimate com um belo nocaute sobre Johnson (Foto: Getty Images)

    Shane Burgos tem mais precisão nos golpes e supera Pepey

    O confronto teve seu início com Godofredo Pepey tomando a iniciativa contra Shane Burgos, buscando mais os golpes na média distância. No entanto, o americano passou a encurtar a distância e, desta forma, aplicou dois fortes golpes sobre o brasileiro, que foi ao solo. Com os knockdowns e a maior precisão nos golpes, o americano terminou o primeiro round em vantagem.

    No segundo assalto, apesar dos primeiros cinco minutos em desvantagem, Pepey seguiu mostrando boa movimentação, mas apesar da grande quantidade de golpes, não tinha muito efetividade. O americano, Na reta final, os dois lutadores passaram a trocar provocações e partiram para a trocação franca, protagonizando um bom momento da luta. No terceiro e último round, o confronto seguiu na trocação e Godofredo conectou três overhands em sequência, enquanto Shane Burgos respondia com bons jabs. Em alguns momentos da luta, o brasileiro buscava a queda, mas era frustrado pelo americano, que evitava a luta de solo. Após um combate bem disputado, Burgos saiu com a vitória por decisão unânime e segue invicto no MMA, agora com dez vitórias, sendo três pelo Ultimate.

    Shane Burgos foi mais preciso nos golpes e derrotou Godofredo Pepey (Foto: Getty Images)
    Shane Burgos foi mais preciso em seus golpes e derrotou Godofredo Pepey (Foto: Getty Images)

    RESULTADOS COMPLETOS:

    UFC on Fox 25
    Sábado, 22 de julho de 2017
    Nova York, nos Estados Unidos

    Card Principal

    Chris Weidman finalizou Kelvin Gastelum com um katagatame no 3R
    Darren Elkins derrotou Dennis Bermudez por decisão dividida dos jurados
    Patrick Cummins derrotou Gian Villante por decisão dividida dos jurados
    Jimmie Rivera derrotou Thominhas Almeida por decisão unânime dos jurados

    Card Preliminar

    Elizeu Capoeira derrotou Lyman Good por decisão dividida dos jurados
    Eryk Anders derrotou Rafael Sapo por nocaute no 1R
    Alex Cowboy derrotou Ryan LaFlare por nocaute no 2R
    Chase Sherman derrotou Damian Grabowski por decisão unânime dos jurados
    Jeremy Kennedy derrotou Kyle Bochniak por decisão unânime dos jurados
    Marlon Vera finalizou Brian Kelleher com um armlock no 1R
    Junior “Baby” Albini derrotou Tim Johnson por nocaute no 1R
    Shane Burgos derrotou Godofredo Pepey por decisão unânime dos jurados
    Chris Wade derrotou Frankie Perez por decisão unânime dos jurados

    2 COMENTÁRIOS

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome