Depois de polêmica em última luta, Michael Chiesa desafia Yamasaki para luta de grappling; confira

    Michael Chiesa (Foto: Getty Images)

    Derrotado de forma polêmica para Kevin Lee, em luta que foi realizada em junho, pelo UFC Fight Night 112, Michael Chiesa mostrou não ter esquecido o episódio, onde o árbitro Mario Yamasaki decretou o triunfo para Kevin por finalização no primeiro round, onde muitos fãs de luta e especialistas acreditaram que Chiesa ainda tinha condições de seguir no duelo.

    Em entrevista ao site MMA Fighting, Michael, que vinha de três vitórias consecutivas antes do revés para Lee, lamentou a arbitragem de Yamasaki e foi além, desafiando o árbitro brasileiro para uma luta de grappling no dia 30 de setembro.

    Michael Chiesa relembrou a polêmica decisão de Mario Yamasaki na luta (Foto: Getty Images)

    “Para falar a verdade, assim que vimos Mario Yamasaki andando para o meu vestiário, nós nos olhamos ao mesmo tempo com aquela cara de: “F***”. Mas agora é passado. Estou seguindo em frente. Tenho um convite para 30 de setembro. É meu desafio aberto ao senhor Yamasaki. Gostaria de testar essa faixa preta de quinto grau em um amistoso de grappling. Vamos ver se ele é o que diz ser. Não estou falando isso de um jeito hostil, estou dizendo: ‘Ei, se você é um faixa-preta de quinto grau e não recua sobre o que disse, como um artista marcial, esse é meu desafio aberto”, disse Chiesa, que procurou ressaltar que não se trata de uma represália aos árbitros em geral.

    “Não estou tentando fazer a caveira dele (Mario Yamasaki), mas ele não vem mostrando muita eficiência no histórico dele. Sei que ele é um faixa-preta de quinto grau, mas isso não significa que você vai bem nisso. Acho muito triste quando um árbitro entra e você e seus companheiros se olham e pensam: “M***, vai ser esse cara”. Eu gosto do trabalho de Herb Dean, “Big” John (McCarthy), Dan Miragliotta… Acho que o melhor árbitro que tinha no negócio é Josh Rosenthal, infelizmente não podemos tê-lo. É uma droga olhar para um árbitro e pensar o que pensamos, é um sentimento ruim”, encerrou.

    4 COMENTÁRIOS

    1. Esse coitado já estava com os braços estendidos, pronto pra tirar um soninho… quer arrumar desculpa pra derrota.

    2. Quem não quer ser derrotado, tem que ganhar por nocaute ou finalização. Não pode deixar a luta na mão do árbitro. Esse chiesa tá se engando, pensando que podia continuar a luta, etc. Na verdade, o yamasaki estava em cima do lance, e eu acho que ele agiu certo, porque o chiesa realmente apagou. Por um segundo, mas apagou. Então, esse cara tem que parar de ficar chorando e desafiando o yamasaki. Vai treinar e mais tarde lute de novo contra o Lee.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome