MMA UFC

Jones Jones revela mágoa com Dana White e afirma: ‘Me senti completamente abandonado’

Sem lutar pelo Ultimate desde abril do ano passado, quando derrotou Ovince St-Preux por decisão unânime, Jon Jones retorna à organização no próximo sábado (29), quando terá pela frente o campeão meio-pesado e rival Daniel Cormier na luta principal do UFC 214, que será realizado na Califórnia, Estados Unidos. Na reta final de preparação para o aguardado retorno, “Bones”, pelo menos nos bastidores, não vem tendo um bom clima com Dana White, presidente da franquia.

Quem revelou isso foi o próprio lutador, em entrevista ao jornal “LA Times”. O ex-campeão meio-pesado disse que vem “evitando” entrar em contato com Dana. O motivo, segundo Jones, é que o mandatário o “abandonou” na época em que foi flagrado por uma violação da política antidoping da USADA, em julho do ano passado, quando estava prestes a enfrentar Daniel Cormier no UFC 200.

Jon Jones revelou mágoa com Dana White, presidente do Ultimate (Foto: Getty Images)
Jon Jones revelou mágoa com Dana White, presidente do Ultimate (Foto: Getty Images)

“Dana White me procurou em pelo menos quatro ocasiões, e eu não respondi nenhuma de suas ligações ou mensagens de texto. Esta é a razão pela qual não temos nos falado”, revelou Jones.

Na época em que foi flagrado no exame antidoping, Jon Jones tinha o cinturão interino meio-pesado em sua posse. “Bones” foi pego por uso de clomifeno em teste realizado fora do período de competição, no entanto, o resultado só foi divulgado faltando quatro dias para o duelo entre Jones e Cormier, o que fez com que Jon fosse forçado a sair do card. Posteriormente, “Bones” comprovou que foi vítima de contaminação em uma pílula estimulante sexual que havia ingerido, todavia, mesmo assim, recebeu um ano de suspensão. O ex-campeão afirmou que, na ocasião, não recebeu apoio do Ultimate.

“Eu acho que, quando você faz dinheiro para companhia, é uma atração de pay per view e coloca dinheiro no bolso dele, aí você significa muito para ele (Dana White). No momento que você não faz essas coisas, você não significa nada para ele, e ele fez um trabalho decente de mostrar isso. Eu me senti completamente abandonado por ele, em um momento em que eu mais precisava dele. Sinto que ele mostrou quem realmente é, e agora não tenho nenhum desejo de fingir que ele se importa comigo ou que somos amigos”, disse “Bones”.

CARD COMPLETO:

UFC 214
Sábado, 29 de julho de 2017
Califórnia, nos Estados Unidos

Card Principal

Daniel Cormier x Jon Jones
Tyron Woodley x Demian Maia
Cris Cyborg x Tonya Evinger
Robbie Lawler x Donald Cerrone
Jimi Manuwa x Volkan Oezdemir

Card Preliminar

Ricardo Lamas x Jason Knight
Aljamain Sterling x Renan Barão
Renato Moicano x Brian Ortega
Andre Fili x Calvin Kattar
Kailin Curran x Alexandra Albu
Eric Shelton x Jarred Brooks
Josh Burkman x Drew Dober

 

4 comentários

    1. Mas o spider sempre aceita o que o Dana fala, até mesmo na ocasião onde ele falou sobre seu tratamento e logo em seguida disse que estava nervoso no momento da declaração e ainda agradeceu o Dana White

Deixe uma resposta