Jiu-Jitsu

Presidente da FJJSE comemora parceria com FBJJ e etapa do International Pro em Aracaju: ‘Algo inédito’

Por Yago Rédua

33
Aracaju receberá etapa do International Pro, da UAEJJF, e promete grande festa (Foto divulgação)

Em busca de profissionalizar e elevar cada vez mais o nível do Jiu-Jitsu, a FBJJ, ligada à UAEJJF, vem investindo em várias regiões do Brasil, através de parcerias com federações locais. Emílio Santos, presidente da Federação de Jiu-Jitsu do Estado de Sergipe, a FJJSE, conversou com à TATAME e explicou a importância desta união, que tem como principal projeto a realização do International Pro, nos dias 9 e 10 de setembro, em Aracaju.

“Essa parceria é de grande relevância para a gente aqui no Nordeste. A FBJJ, que está ligada à UAEJJF, é uma oportunidade que está dando para os atletas, as equipes e o Jiu-Jitsu aqui do Nordeste, para se projetar cada vez mais e mostrar o seu potencial. Temos vários atletas aqui consagrados no Brasil e no mundo, aqui na minha cidade não é diferente. Parceiras como essa são importantes para somar cada vez mais com a matéria-prima que temos aqui”, disse o presidente, que contou sobre o processo de organização e apoios locais.

“O processo de organização, eu tenho uma parceria com a prefeitura, a secretaria de esporte do estado e do município. Os dois secretários são parceiros nossos, assim como os políticos do esporte que ajudam e gostam da arte suave. Estamos organizando uma festa bacana para o International Pro dar certo, tenho falado com as equipes locais e regionais e acredito que será uma competição muito legal para abrir as portas para outras cidades aqui no Nordeste também aproveitarem”, afirmou.

> Para se inscrever no UAEJJF International Pro em Aracaju, clique aqui

O presidente da FJJSE ainda acredita que a realização da etapa do International Pro em Aracaju irá dar outra visibilidade para a cidade e, inclusive, para o Nordeste: um marco para o Jiu-Jitsu local.

“Vamos iniciar aqui com essa competição (International Pro), isso dará uma proporção diferente ao Jiu-Jitsu, que é o profissionalismo. A partir deste evento, que nunca houve algo assim nesta região, o Jiu-Jitsu poderá direcionar o estado do Sergipe e o Nordeste como um todo no cenário mundial e grandes eventos poderão fazer parte da nossa rotina. Uma vez que os organizadores, o presidente da FBJJ, Walter Mattos, que disse que o evento ficará no calendário, assim como o secretário de esportes que se comprometeu em deixar esse evento no calendário. Cada vez mais, podemos conseguir mais apoios, atrair mais lutadores e investidores, com um trabalho bem organizado e muito profissionalismo. Todos vão ganhar com isso, com certeza”, encerrou Emílio.

Deixe uma resposta