Boxe MMA UFC

Parceiro de sparring de McGregor comenta polêmica com Malignaggi e diz: ‘Orgulho ficou ferido’; veja

mcgregorboxe
Foto polêmica sobre o nocaute de McGregor tomou conta das redes sociais (Foto divulgação)

O caso envolvendo um suposto nocaute de Conor McGregor – campeão peso-leve do UFC – sobre Paulie Malignaggi durante uma sessão de sparring ainda segue repercutindo. O ex-campeão mundial de Boxe foi chamado para ajudar no camp do irlandês para a luta contra Floyd Mayweather, no próximo dia 26 de agosto, em Las Vegas (EUA). Porém, o lutador americano acabou abandonando o treinamento após ter sido vazada uma foto sua em que ele está no chão, dando a entender que teria sido nocauteado por McGregor. Em longa entrevista ao site MMA Fighting, entretanto, o pugilista contou que “Notorius” havia o empurrado.

Um outro parceiro de sparring de McGregor, Tiernan Bradley, contou ao site MMA Junkie o momento em que Malignaggi viu pela primeira vez a foto, e assim como diversas outras personalidades do esporte, deu a sua opinião sobre o desentendimento ocorrido.

“Na quinta-feira, estávamos no vestiário depois do treinamento no instituto de desempenho do UFC e foi o momento em que Paulie viu a foto pela primeira vez. Ele estava claramente irritado e nos mostrou o telefone dele, dizendo ‘o que é isso?’ […] Quando você se junta a um camp com McGregor, você sabe que as fotos serão lançadas todos os dias. Às vezes, elas podem não ser as mais legais”, comentou Bradley, afirmando que o ex-campeão mundial saiu do camp por conta do “orgulho ferido”.

“Obviamente, ele viu essa foto e seu orgulho ficou ferido. Eu posso entender isso, mas ao mesmo tempo ele estava na TV fazendo entrevistas na semana anterior, falando sobre o poder de Conor. […] Este camp não é sobre Paulie. Quando estamos na academia, estamos nos concentrando em preparar o Conor. No dia em que Paulie partiu, foi como se nada tivesse acontecido”, encerrou.

Deixe uma resposta