Jiu-Jitsu

DJ Jackson fatura GP dos Médios da Copa Podio, Isaque vence Espen e Xande e Cyborg travam guerra; resultados

28
Isaque Bahiense levou a melhor sobre Espen Mathiesen na superluta de só finalização (Foto reprodução Instagram)

Na noite de sábado (12), a 5ª temporada da Copa Pódio desembarcou em Manaus, na Arena Amadeu Teixeira, para conhecer o novo rei dos médios. O GP teve disputas em alto nível e premiou o estadunidense DJ Jackson como vencedor, após superar Fellipe Andrew na final. Já o desafio Caboclos x Pantaneiros terminou igual, após uma guerra entre Xande Ribeiro e Roberto Cyborg. Na superluta, uma reedição da final do GP dos Leves, Isaque Bahiense voltou a vencer Espen Mathiesen.

Jackson é o novo rei da Copa Podio

Tendo a estratégia como principal trunfo, DJ Jackson foi construindo sua trajetória no Grupo Rio Negro, mas sem chamar atenção, “pelas beiradas”. O americano se classificou na segunda posição, enquanto Fellipe Andrew se garantiu na primeira colocação.

No outro grupo, Gustavo Braguinha estava brilhando com três finalizações em sequência. Primeiro sobre Fillipe Trovo e depois em Jonnatas Gracie, ambos com um armlock. Já o angolano Ruben Caveira sofreu um estrangulamento. Braguinha, então, garantiu a primeira posição, com William Dias em segundo na chave do Rio Solimões.

27
DJ Jackson garantiu o título do GP dos Médios para os EUA (Foto reprodução Instagram)

Nas semifinais, a experiência e estratégia de DJ Jackson brecaram o jogo de Braguinha e o estadunidense venceu nas vantagens. Já Andrew encaixou uma chave de pé brilhante para finalizar William Dias e garantir a vaga na decisão. Na final, mais uma vez, Jackson se impôs e neutralizou o gás do faixa-marrom Fellipe Andrew. Na guarda do brasileiro, o americano foi estabilizando a posição e tentando conseguir raspagens. Assim, a arbitragem foi dando as vantagens, o confronto terminou com vitória por 4 a 0 de Jackson e o título inédito para o lutador dos Estados Unidos.

Isaque Bahiense volta a vencer Espen

Na final do GP dos Leves, em São Paulo, Isaque levou a melhor e se tornou campeão da Copa Podio. Neste sábado, o lutador da Alliance voltou a vencer o faixa-preta da Noruega, após uma luta muito estudada. Bahiense levou a melhor apenas nas punições sofridas por Espen Mathiesen – 2 a 1.

Guerra entre Caboclos e Pantaneiros

Na primeira luta, o caboclo Andre Júlio derrotou o pantaneiro Adley Lobato. Em seguida, com uma finalização, Paulo Azambuja venceu Eduardo Inojosa e empatou a série. Os dois primeiros confrontos foram com quimono, já os dois últimos, sem o pano (No-Gi). Após dez minutos, Fernandinho Vieira e Marcel Gonçalves ficaram empatados, deixando a disputa com placar 1 x 1.

26
Cyborg e Xande fizeram uma batalha na Copa Podio (Foto reprodução Instagram)

Por fim, em uma das lutas mais aguardadas da noite, Xande e Cyborg tinham a responsabilidade de definir o confronto. Após dez minutos de muito estudo e estratégia, o combate terminou empatado. O confronto, então, seguiu para a morte-súbita, com os dois lutadores indo para cima. Devido ao desgaste e o suor dos dois atletas, a organização pediu uma pausa para limpar o tatame e definiu que a prorrogação teria mais dez minutos. Ao fim deste novo tempo, ninguém pontuou e o empate foi declarado entre as duas equipes: tudo igual para Cablocos e Pantaneiros em Manaus.

PRINCIPAIS RESULTADOS:

GP dos Médios

Campeão – DJ Jackson (EUA)
Vice-campeão – Fellipe Andrew (BRA)
Terceiro lugar – Gustavo Braguinha (BRA)
Quarto lugar – William Dias (BRA)

Superluta
Isaque Bahiense derrotou Espen Mathiesen na punição

Caboclos x Pantaneiros

Xande Ribeiro (AM) e Roberto Cyborg (MS) empataram
Paulo Azambuja (MS) finalizou Eduardo Inojosa (AM) com um estrangulamento
André Júlio (AM) derrotou Adley Lobato (MS)
Fernandinho Vieira (AM) e Marcel Gonçalves (MS) empataram

Deixe uma resposta