Brandão se irrita e deixa cage na Rússia, enquanto Maldonado leva título; assista

    Na última segunda-feira (4), em solo russo, na cidade de Kaspyisk, foi realizado o Fight Night Global 73. Com quatro brasileiros em ação, tudo ia bem até a luta principal do evento, quando as coisas saíram do controle. Ex-lutador do UFC, Diego Brandão encarava Akhmed Alie, no entanto, a dupla começou a se desentender no cage, o que gerou a interrupção do árbitro.

    Neste momento, o russo, sem respeitar a pausa, desferiu uma sequência de socos em Brandão, que revidou com um chute na cabeça do adversário. Em seguida, o brasileiro se levantou e abandonou o cage, para a ira da torcida presente, que inflamada, começou a jogar garrafas e outros lixos, por pouco não começando uma briga generalizada.

    Após o momento mais caloroso da confusão, Diego Brandão retornou ao cage para ouvir a decisão dos jurados: vitória por nocaute técnico, pelo fato do brasileiro ter se retirado do cage – o que deixou o ex-UFC ainda mais inconformado.

    No co-main event, menos polêmica e mais sorte para o brasileiro Fábio Maldonado. Disputando o cinturão meio-pesado da organização, o “Caipira de Aço” finalizou Kurban Omarov com uma guilhotina no terceiro round, conquistando o cinturão e se emocionando bastante com o resultado.

    Outro brasileiro conhecido dos fãs que esteve em ação foi Rousimar Toquinho. E assim como na disputa principal, seu duelo também teve polêmica. Após quase finalizar Shamil Amirov em três oportunidades e se mostrar mais ativo na luta, o faixa-preta viu a arbitragem declarar vitória de Amirov por decisão dividida.

    Por fim, nomes menos badalado dos brasileiros em ação, Felipinho Silva fez bonito. Contra Magomedgadzhi Gadzhiev, o lutador somou mais um triunfo na carreira, por nocaute técnico, no primeiro round.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome