Faixa-preta da Nova União e líder de projeto social destaca premiações do Rio International Pro: ‘Motivação’

    Projeto social liderado por Erivan Gonçalves, faixa-preta da Nova União (Foto: Reprodução)

    Por Yago Rédua

    No próximo dia 23, será realizado a sexta e penúltima etapa do Circuito Rio Mineirinho, o Rio International Pro. Para esta edição serão distribuídos valores em dinheiro e cinturão aos campões, além de pontos para o ranking. Erivan Gonçalves, faixa-preta da Nova União e líder do projeto social EGM Team, na comunidade de Varginha, em Manguinhos, no Rio, conversou com à TATAME e enalteceu a proposta de valorização aos atletas por parte da CBJJD.

    “Eu como professor e competidor vejo que a valorização dos atletas está sendo de suma importância para tal evento de tamanha organização, gerando uma motivação para que os atletas busquem suas melhorias, em um campeonato tão difícil e com uma visibilidade extraordinária. Essa premiação em dinheiro e o cinturão mostra mais ainda o profissionalismo do Jiu-Jitsu e da organização aqui no estado do Rio de Janeiro”, comentou o professor, afirmando que a possível ida do Rio International Pro para fora do estado será importante.

    “Nossa expectativa é que o evento vá para outros estados e, com isso, abrirá uma disputa maior entre os competidores de Jiu-Jitsu, mostrando que o presidente Rogério Gavazza e a CBJJD, junto com a FJJD-RIO, possuem um ótimo nível de organização e profissionais super preparados”, projetou.

    Sobre o projeto social, Erivan revelou que cobra apenas o boletim escolar e o bom comportamento das crianças em casa. O faixa-preta contou como faz para tirar as crianças da rua e agradeceu o apoio da FJJD-Rio.

    • Para se inscrever no Rio International Pro / Festival Kids, clique aqui
    • Para ver o edital do Rio International Pro / Festival Kids, clique aqui

    “Eu, professor Erivan Gonçalves, faixa-preta da Nova União, tenho dois projetos sociais em comunidades carentes. Dou aula de graça para molecada em busca de trazê-los para mostrar que todos podem chegar ao nível de um grande lutador, tanto no Jiu-Jitsu como no MMA. Eu cobro deles os boletins escolares e o comportamento em casa, não adianta ser bom dentro do tatame e não se comportar em casa. Graças ao benefício que a diretoria da FJJD-Rio nos dá com um preço voltado para projetos sociais, isso tende a ter mais crianças na competição quando falo para eles que vamos entrar com força força total, eles ficam super felizes. E, olha, que tenho alunos que estão no ranking brigando pela premiação”, encerrou.

    As inscrições para o Rio International Pro vão até a próxima sexta-feira (15). O evento será no dia 23, novamente no Clube Municipal, na Zona Norte do Rio.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome