Bisping condena ‘compaixão’ de DC com Jones: ‘Seja sincero e fale o que pensa’

    Michael Bisping criticou a postura de Daniel Cormier no caso de Jones (Foto: Getty Images)
    Michael Bisping anunciou sua aposentadoria do MMA na última segunda-feira (Foto Getty Images / UFC)

    O envolvimento de Jon Jones em mais um caso de doping, que veio à tona logo depois da reconquista do cinturão meio-pesado do Ultimate, contra Daniel Cormier, repercutiu bastante no mundo do MMA. Em pouquíssimo tempo após ser noticiado que “Bones” testou positivo para turinabol, o americano teve sua vitória anulada para “No Contest” (sem resultado) e, em seguida, teve seu título retirado, com o mesmo voltando para Cormier.

    Todavia, o que surpreendeu foi a postura de Daniel após toda a repercussão do novo caso envolvendo Jones. Depois de voltar a ter o cinturão em sua posse, muitos esperavam uma série de críticas de Cormier a “Bones”. No entanto, “DC” fugiu do “óbvio” e, através de um post em suas redes sociais, pediu para que os fãs de MMA deixem Jones em paz. Além disso, afirmou que, no momento, é preciso ter calma com a atual situação do seu rival.

    As declarações de Cormier surpreenderam muitos, inclusive Michael Bisping, atual campeão peso-médio do Ultimate. O inglês criticou a postura utilizada pelo lutador da AKA e, por meio do seu podcast, “Believe You Me”, pediu mais sinceridade ao americano.

    “Ouça, eu realmente gosto do Daniel Cormier, ele é um ótimo cara, porém, diga o que você pensa, seja sincero, fale o que está na sua cabeça, porque não é isso que está nela. O que você pensa é: ‘Jon, vá se ferrar’. Eu gosto de DC, talvez ele tenha mais simpatia pelo seu oponente, mas eu não teria dito isso. Se alguém me nocauteia e leva o meu cinturão na frente de todo mundo, eu não falaria de compaixão. Eu diria: ‘Você não tem lugar nesse esporte’. Especialmente após o teste positivo e todas as outras coisas”, disparou Bisping.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome