Comissão altera Jones x Cormier pra ‘No Contest’ e UFC devolve cinturão a ‘DC’

Publicado em 14/09/2017 por: Yago Redua
Comissão altera Jones x Cormier pra ‘No Contest’ e UFC devolve cinturão a ‘DC’

publicidade

Na quarta-feira (13), um dia após a USADA, Agência de Antidoping dos Estados Unidos, confirmar o doping de Jon Jones na contraprova do exame realizado no UFC 214, em julho, a Comissão Atlética da Califórnia mudou o resultado da luta contra Daniel Cormier. O órgão regulamentador transformou a vitória por nocaute técnico no terceiro round em “No Contest”, que é luta sem resultado. A confirmação veio do diretor executivo da CSAC, Andy Foster, ao site MMA Fighting.

Poucas horas após a CSAC anular a vitória de “Bones” sobre Cormier, o Ultimate divulgou um comunicado para anunciar a retirada do cinturão dos meio-pesados de Jon Jones, que havia sido conquistado exatamente no dia 29 de julho, no UFC 214, na Califórnia (EUA). Deste modo, a organização comunicou também que irá devolver o posto de campeão a “DC”.

Vale lembrar, que a substância encontrada no organismo de Jones é chamada de turinabol, responsável por ganhos musculares. De acordo com o código da USADA, é previsto um gancho de dois anos, contudo, como “Bones” é o reincidente em violar a política de antidoping, existe a possibilidade de uma suspensão de até quatro anos.

Confira o comunicado oficial do UFC:

“O UFC foi informado nesta quarta-feira que o resultado da luta do UFC 214 entre Jon Jones e Daniel Cormier, em 29 de julho, foi revogado pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia. A decisão muda a vitória de Jones para um “no contest” após uma possível violação da Política Antidopagem decorrente de uma amostra coletada após a pesagem de Jones em 28 de julho de 2017.

Como esta foi uma luta pelo título, Cormier será reintegrado como campeão dos pesos-meio-pesados do UFC”.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade