Card preliminar em São Paulo tem show de Luque, Cara de Sapato e estreante

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 29/10/2017
Card preliminar em São Paulo tem show de Luque, Cara de Sapato e estreante Marcelo Golm adotou cautela ao falar sobre próximos passos no UFC (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

Realizado neste sábado (28), no Ginásio do Ibirapuera, o UFC São Paulo começou com muita emoção, bons combates e um show dos brasileiros, que venceram cinco das seis lutas do card preliminar. O único resultado negativo ficou por conta de Hacran Dias.

O destaque da festa verde e amarela ficou para as belas finalizações de Vicente Luque, Antônio Cara de Sapato e Marcelo Golm – estreante da noite -, que derrotaram os estrangeiros Niko Price, Jack Marshman e Christian Colombo, respectivamente.

Ainda pelo evento, na luta principal, Lyoto Machida volta ao MMA Derek Brunson, Demian Maia pega Colby Covington no co-main event e outros quatro brasileiros entram em ação.

Vicente Luque completa a festa

Na luta que fechou o card preliminar no UFC São Paulo, show do peso-meio-médio Vicente Luque. Diante do invicto Niko Price, o brasileiro impôs seu jogo desde o início do combate, sempre andando pra frente e apostando na trocação. Price, por sua vez, soube conter o ímpeto de Luque e apostava nos contragolpes para triunfar em território inimigo.

Já no segundo round, entretanto, não deu para o norte-americano. Vicente acertou um knockdown e, no chão, encaixou um lindo triângulo de mão invertido para se recuperar na organização após derrota em março deste ano, na sua última luta. Niko Price, por outro lado, conheceu sua primeira derrota no MMA em 12 lutas como profissional até agora.

Cara de Sapato finaliza rápido

Um dos lutadores mais festejados pela torcida em São Paulo, Antônio Cara de Sapato precisou de apenas um round para mostrar o porquê de tanta festa. Contra Jack Marshman, o faixa-preta de Jiu-Jitsu quedou, pegou as costas do galês e encaixou um justo mata-leão. Com o resultado, Cara de Sapato alcança seu quarto triunfo consecutivo – terceiro por finalização – e sobe cada vez mais na divisão dos pesos-médios do Ultimate.

Cara de Sapato levou o público ao delírio com mais uma finalização na carreira (Foto Getty Images / UFC)

Gordon atropela Hacran Dias

A vida dentro do octógono não anda fácil para o peso-leve Hacran Dias. Diante de Jared Gordon, o lutador da Nova União até começou bem, sendo superior no primeiro round. Porém, daí em diante ele virou presa fácil para o americano, que saiu vitorioso por decisão unânime dos jurados. Gordon, inclusive, chegou perto de finalizar o embate várias vezes no ground and pound, mas Hacran resistiu. O gás do brasileiro, entretanto, era suficiente apenas para ele sobreviver enquanto seu adversário dominava a luta no chão.

O resultado deixa Hacran em situação delicada na organização, já que agora ele soma três derrotas seguidas. Já Jared chegou ao seu quinto triunfo consecutivo, segundo no UFC.

Capoeira e Griffin levantam torcida

Na terceira luta do card preliminar, um show de coração por parte de Elizeu Capoeira e Max Griffin, pela divisão dos meio-médios. Primeiro, com o americano, que resistiu bravamente ao atropelo de Capoeira no primeiro round. Na sequência, recuperação de Griffin, que pressionou o brasileiro e deu trabalho. No último assalto, novamente superioridade de Capoeira, declaro vencedor por decisão unânime dos jurados após três rounds disputados.

Com algumas reviravoltas e muita ação, o combate empolgou o público presente no Ginásio do Ibirapuera e também marcou a quarta vitória seguida de Elizeu na organização. Griffin, por sua vez, conheceu sua segunda derrota em três lutas como atleta do Ultimate.

Capoeira fez grande duelo contra Griffin, saindo vencedor após três duros rounds (Foto Getty Images / UFC)

Deiveson mantém invencibilidade

Pela divisão dos moscas, Deiveson Alcântara e Jarred Brooks fizeram um combate movimentado, definido pelos árbitros após três rounds. O resultado final, porém, gerou certa polêmica. Enquanto o brasileiro apostava no jogo de chão, tentando por diversas vezes – sem sucesso – a guilhotina, Brooks se movimentava e ia conectando golpes. No último round, a dinâmica seguiu igual, com o americano pressionando, exceto por um uppercut de Deiveson nos últimos segundos, que antecedeu a vitória por decisão dividida.

O triunfo mantém Deiveson invicto no MMA, agora com 13 vitórias, enquanto o norte-americano, também invicto até este sábado, conheceu sua primeira derrota na carreira.

Marcelo Golm tem estreia de gala

Estreando no UFC, Marcelo Golm fez bonito na luta que abriu o UFC São Paulo. Convocado a poucos dias do evento, o lutador de 25 anos não sentiu a pressão e partiu pra cima de Christian Colombo assim que o duelo iniciou. Conectando bons golpes, o brasileiro não teve dificuldades para levar Colombo para o chão e, após trabalhar no ground and pound, conquistar sua primeira vitória por finalização, com um justo mata-leão sobre o adversário.

Com o triunfo, bastante comemorado pelo peso-pesado, Marcelo segue invicto no MMA, agora com seis vitórias. O dinamarquês, por sua vez, somou seu segundo revés seguido.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 119
Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP)
Sábado, 28 de outubro de 2017

Card preliminar
Vicente Luque finalizou Niko Price com um triângulo de mão invertido no 2R
Antônio Cara de Sapato finalizou Jack Marshman com um mata-leão no 1R
Jared Gordon derrotou Hacran Dias por decisão unânime dos jurados
Elizeu Capoeira derrotou Max Griffin por decisão unânime dos jurados
Deiveson Alcântara derrotou Jarred Brooks por decisão dividida dos jurados
Marcelo Golm finalizou Christian Colombo com um mata-leão no 1R

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade