TATAME Visita: conheça a trajetória de Diego Pereira, responsável por liderar a Ribeiro JJ em Brasília

    Os irmãos Diego e Tiago Pereira são os responsáveis pela Ribeiro Jiu-Jitsu em Brasília (Foto reprodução)

    O Jiu-Jitsu, assim como diversas modalidades esportivas, tem o caráter de mudar a vida de muitas pessoas. Foi o caso de Diego Pereira e seu irmão, Tiago. Atualmente eles vivem do que amam: a arte suave. Competem e possuem uma filial da Ribeiro Jiu-Jitsu em Brasília, no DF. Os dois inauguraram recentemente a academia e planejam levar a filosofia adiante.

    Para conhecer mais sobre a Ribeiro Jiu-Jitsu, clique aqui

    Diego abriu as portas da sua academia para a TATAME e revelou como conheceu o Jiu-Jitsu, no fim da década de 90. Explicou, também, como é viver da arte suave atualmente, em relação a um passado não tão distante. Deu dicas para quem desejar realizar um treino, contou como está a evolução da modalidade na Capital Federal e como surgiu a ligação com a Ribeiro Jiu-Jitsu, que é capitaneada pelos irmãos Saulo e Xande Ribeiro.

    Confira a entrevista na íntegra:

    – Início da trajetória nas artes marciais e no Jiu-Jitsu

    Minha primeira experiência com as artes marciais foi com o Caratê, quando eu tinha aproximadamente uns 11 anos. Mas não levei muito a sério e parei. Logo em seguida, fui para Capoeira no ano de 1997, e no Jiu-Jitsu comecei em 1999 e estou até hoje.

    – Momento atual do Jiu-Jitsu e profissionalização

    Nossa! Hoje, vejo o Jiu-Jitsu caminhando de uma forma muito profissional, pois quando iniciei ainda era muito difícil e não tinha tantos campeonatos. A maioria que tinha era no Rio de Janeiro e as condições para lutar lá eram muito difíceis, pois não havia apoio. Agora, vemos atletas na faixa azul com patrocínios, a chance de participar de grandes eventos.

    – Maiores benefícios para quem pratica a arte suave

    O Jiu-Jitsu traz muitos benefícios para uma pessoa. Um deles é melhorando a sua qualidade de vida, trazendo uma autodisciplina, controle emocional muito grande, melhora sua coordenação motora, emagrecimento, defesa pessoal, entre muitos outros benefícios.

    – Conselho para um pessoa que pensa em treinar

    Eu convenceria essa pessoa a fazer uma aula. Esse esporte mudaria a vida desta pessoa, trazendo todos esses benefícios citados. É o conselho que eu daria pra essa pessoa. Principalmente, que ela não perdesse mais tempo sem frequentar uma escola de Jiu-Jitsu, porque tenho certeza que a vida dessa pessoa se transformará quando ela conhecer.

    – Cenário da arte suave em Brasília atualmente

    O Jiu-Jitsu hoje em Brasília está cada vez melhor, com um nível técnico elevadíssimo e com muitos atletas duros. Estão acontecendo grandes eventos na nossa cidade, o público está cada vez mais presente nos eventos, então, isso torna os eventos da cidade melhores.

    Diego Pereira foi campeão mundial master neste ano de 2017, em Las Vegas, Estados Unidos (Foto arquivo pessoal)

    – Evolução do Jiu-Jitsu pelo mundo cada vez maior

    Não só acredito, como tenho presenciado isso desde que entrei no Jiu-Jitsu. Hoje, as estruturas dos grandes eventos estão cada vez mais profissionais. Os atletas hoje estão recebendo premiações em dinheiro, viagens para competir em outros países, então, acredito que nosso esporte ainda vai ultrapassar muitas barreiras e seguir crescendo.

    – Início da ligação com a Ribeiro Jiu-Jitsu

    Minha ligação com a Ribeiro Jiu-Jitsu vem desde a época que éramos da Gracie Humaitá, com o mestre Royler Gracie. Meu professor Juquinha era aluno do mestre Royler e parceiro de treino do Sensei Saulo Ribeiro. Quando nosso Sensei Saulo parou de defender a Gracie Humaitá e criou a Ribeiro Jiu-Jitsu, com seu irmão o Sensei Xande Ribeiro, meu professor Juquinha ficou na Gracie Humaitá e, depois de um tempo, resolvemos seguir o Saulo.

    – Diferenças de se trabalhar como professor e atleta

    A grande diferença que eu vejo é que quando você ensina, na verdade, você está se tornado um atleta melhor, pois seu aprendizado melhora muito através dos seus ensinamentos. Já como atleta, você não tem a responsabilidade de dar aulas só treina.

    – Expectativa para a inauguração da academia

    A minha expectativa e a do meu irmão estão enormes, pois é mais um sonho nosso se realizando e eu fico muito feliz por poder trabalhar com o que amamos. O nosso objetivo é levar até as pessoas o conhecimento da Ribeiro JJ. Mostrar que o Jiu-Jitsu pode proporcionar bem-estar e qualidade de vidas para todas essas pessoas, basta quererem.

    3 COMENTÁRIOS

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome