Festa do Jiu-Jitsu coroa campeões no Grand Slam do Rio; Carino derrota Carlão

    Rafael Carino derrotou Carlão Barreto no duelo de lendas e levantou o público no Rio (Foto FlashSport)

    A expectativa foi confirmada, e no último final de semana, o Rio de Janeiro viveu dias únicos com muito esporte, clima familiar e lazer. Maior evento de Jiu-Jitsu da América Latina e um dos maiores do mundo, o Abu Dhabi Grand Slam da UAEJJF retornou à Cidade Maravilhosa para sua edição 2017/18, e mais uma vez, proporcionou disputas pra lá de interessantes e provou ao público, que compareceu à Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra, Zona Oeste do Rio, o valor da arte suave. O evento, realizado entre os dias 10 e 12 de novembro, contou com mais de três mil atletas de variadas graduações e idades. O sucesso estrondoso foi nítido também nas arquibancadas do ginásio que, durante os três dias, recebeu um ótimo público e contou com a presença de muitas feras do esporte.

    Ponto alto da competição, as disputas no masculino adulto faixa-preta coroaram José Carlos “Cocó”, Hiago George, João Neto, Hugo Marques, Isaque Bahiense, Patrick Gaudio e o gringo Gerard Labinski. Entre as mulheres, Mayssa Bastos, Amanda Vieira, Bia Mesquita, Ana Carolina e Cláudia do Val subiram no lugar mais alto do pódio.

    O alto nível dos competidores e o elevado grau de organização foram percebidos desde a sexta (10). Muitos talentos foram observadores e deixaram claro que a modalidade tem um lugar cativo no coração do povo brasileiro. Lutadores de 23 países vieram ao Rio de Janeiro disputar o torneio, e o que se viu foi um show de técnicas e disposição. Não faltou entrega e vontade de vencer. O evento, que também sedia suas etapas no Japão, Estados Unidos, Inglaterra e Emirados Árabes, distribuiu um total de 125 mil dólares em premiações.

    Último dia da competição, o domingo guardou o que tinha de melhor para os fãs. As finais das faixas-marrom e preta foram um verdadeiro presente às pessoas que levaram ao ginásio sua energia e torcida. Nomes de muita relevância no cenário internacional entraram no tatame dispostos a deixarem tudo de si. Não faltou entrega e o resultado foram lutas muito parelhas e emocionantes, porém, sempre com o espírito esportivo entre os atletas.

    Entre os destaques, duas belas finalizações. No masculino até 69kg, João Neto aplicou um triângulo em Rafael Mansur para ficar com o ouro e, no feminino até 70kg, Ana Carolina, irmã mais nova da fera Rodolfo Vieira, encaixou um estrangulamento em Thamara Silva.

    UAEJJF realizou três dias de uma verdadeira festa da arte suave no Grand Slam Rio de Janeiro (Foto FlashSport)

    Um dos confrontos mais aguardados do grande público, o “Duelo de Lendas” também não deixou nada a desejar. Alguns dos nomes responsáveis por alavancar a imagem do esporte para o mundo, Carlão Barreto e Rafael Carino mostraram que, apesar do grande tempo fora das competições, a mentalidade vencedora sempre estará com eles. Em uma luta bastante equilibrada, eles mostraram que ainda possuem lenha para queimar e se enfrentaram com hombridade. Ao fim, melhor para Carino, que venceu o duelo por 2 a 0.

    Confira todos os campeões do Abu Dhabi Grand Slam RJ, aqui

    Na disputa por equipes, a GFTeam ficou com o primeiro lugar, seguido pela Gracie Barra em segundo e Nova União em terceiro. Agora, o Abu Dhabi Grand Slam da UAEJJF retorna em janeiro, nos dias 12 e 13, direto da capital dos Emirados Árabes Unidos. Não perca!

     Confira abaixo os principais resultados do evento:

    > Masculino (adulto faixa-preta)

    56kg – José Carlos “Cocó” derrotou David Herrera na decisão dos árbitros
    62kg – Hiago George derrotou João Miyao por 1 a 0 nas vantagens (6 a 6 nos pontos)
    69kg – João Neto finalizou Rafael Mansur com um triângulo
    77kg – Hugo Marques derrotou Ricardo “Pingo” Lima por 2 a 0 nos pontos
    85kg – Isaque Bahiense derrotou Gustavo “Braguinha” por 1 a 0 nas vantagens
    94kg – Patrick Gaudio derrotou Guilherme Santos na decisão dos árbitros
    110kg – Gerard Labinski derrotou Igor Silva por 1 a 0 nas vantagens

    > Feminino (adulto faixas-marrom/preta)

    49kg – Mayssa Bastos ficou com o ouro sem adversárias na categoria
    55kg – Amanda Nogueira venceu Mayara Abrahão por 2 a 0 nos pontos
    62kg – Bia Mesquita venceu Bia Basílio por 6 a 0 nos pontos
    70kg – Ana Carolina Vieira finalizou Thamara Silva com um estrangulamento
    90kg – Cláudia do Val derrotou Heloisa Ferreira na decisão dos árbitros

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome