Jornalista irlandês alerta para ‘risco’ de McGregor após confusão com a máfia

Publicado em 30/11/2017 por: Yago Redua
Jornalista irlandês alerta para ‘risco’ de McGregor após confusão com a máfia Conor McGregor revelou que tinha luta marcada contra Dos Anjos no UFC 224, no Rio (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

O suposto envolvimento de Conor McGregor, campeão dos leves e astro do UFC, em uma briga dentro de um bar em Dublin, na Irlanda, tem gerado muita tensão no país europeu. Isso pelo fato do provável desafeto de “Notorius” no recinto ser membro da máfia local. A polícia ainda não confirmou o caso, mas Paul Williams, jornalista criminal irlandês, relatou ao programa Newstalk Breakfast o “perigo” que o lutador do Ultimate está correndo.

“Conor McGregor está num lugar muito perigoso neste momento. Ele entrou em conflito, embora provavelmente sem culpa própria, com um grupo de pessoas muito perigosas que estão ligadas aos Kinahans (cartel de drogas da Irlanda). Essas pessoas não se importam com quem McGregor é, o que ele representa, quão poderoso ele é. Eles vão arrastá-lo à fossa. Eu diria que, nas próximas 48h, se ele ainda estiver no país – e entendo que ele talvez tenha deixado o país – mas se ele ainda estiver no país, entendi pelas minhas fontes que a polícia vai abordá-lo para lhe dar um formulário GIM, uma Mensagem de Informação da Guarda, para dizer a ele que podem haver ameaças à sua segurança. Esta é uma história enorme, e imagine o que faria com nossa reputação se este ícone esportivo nacional for atacado por um monte de gângsteres”, contou, ressaltando o perigo da máfia.

“Estas pessoas, você precisa lembrar, conforme estou dizendo, eles não se importam, não têm parâmetros, não têm limites, eles não discriminam se você é um ícone esportivo internacional ou apenas um homem na rua. Eles atiram em você, eles te machucam, eles fazem o que quiserem fazer. Acho que é extraordinário. E acho que nas próximas 24 a 48 horas, acredito que a An Garda Síochána (força policial civil da Irlanda) vai abordar Conor McGregor e dizer para ele: ‘A propósito, nós queremos informá-lo oficialmente que potencialmente a sua segurança está em risco’. Acredito nisso”, finalizou o jornalista.

O cartel Kinahan é um dos mais conhecidos e violentos da Irlanda em relação ao tráfico de drogas. Presidente do UFC, Dana White revelou, em entrevista coletiva, que está de olho na situação, no entanto, afirmou que não acredita que Conor tenha se envolvido no caso.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade