Yuri quer ‘surpreender’ Gordon Ryan em revanche pelo KAISA: ‘Me vejo campeão’

    Yuri Simões quer apagar derrota para Gordon Ryan em uma revanche no KASAI Pro (Foto divulgação)

    Por Yago Rédua

    No próximo sábado (9), será realizado o KAISA Pro, em Nova York (EUA). A primeira edição do evento de submission vai ter uma superluta de tirar o folêgo entre dois destaques do último ADCC: Yuri Simões, ouro na divisão até 99kg, e Gordon Ryan, vencedor na categoria até 88kg e vice no absoluto. A disputa também será No-Gi.

    Em 2016, pelo EBI 6, Eddie Bravo Invitational, os dois lutadores se enfrentaram e a vitória ficou com o americano, após pegar as costas do brasileiro na prorrogação. O resultado surpreendeu, afinal, naquela época Simões já era dono de um título do ADCC e do Mundial No-Gi. No entanto, para o brasileiro, isso não tem influência na revanche pelo KASAI Pro.

    “Vai ser interessante. Eu me vejo sendo o campeão. Não (tem influência o resultado da primeira luta), estou focado no agora”, declarou o faixa-preta em entrevista à TATAME.

    Sobre a estratégia para o confronto com Gordon, um dos principais nomes no cenário sem quimono atualmente, Yuri afirmou que vai preparar “surpresas” para o oponente. O casca-grossa ainda deixou claro o quanto evoluiu desde o primeiro encontro entre os dois.

    “Não acho que seria inteligente da minha parte revelar minha análise do jogo dele antes da luta, gosto de usar o fator surpresa. Mas, com certeza, muita coisa mudou, pois desde a minha luta contra ele, eu não perdi nenhum combate e pude conquistar grandes títulos. Por outro lado, reconheço que ele também evoluiu como atleta. Minha vontade é vencer”.

    Yuri Simões conquistou seu segundo ouro pelo ADCC, agora na categoria até 99kg (Foto: Reprodução)
    No ADCC 2017, Yuri conquistou o título até 99kg sobre Preguiça, que ganhou o absoluto (Foto reprodução)

    A superluta entre Gordon e Yuri terá dez minutos, onde só a finalização dará a vitória a um dos atletas. Caso não aconteça a finalização, serão dados mais seis minutos extras. Na prorrogação, passam a valer pontos (seguindo as regras da IBJJF), mas sem as vantagens.

    “A regra de pontuação é da IBJJF, com a única diferença de que nesse evento poderemos cruzar a perna e atacar o calcanhar, o que seriam posições proibidas pelas regras da IBJJF. Eu já lutei em praticamente todos os grandes eventos de grappling do mundo, então, sinceramente, me sinto confortável em qualquer tipo de regra. Eu treino Jiu-Jitsu para lutar em qualquer situação, então com certeza estou pronto para este desafio”, encerrou Yuri.

    CARD COMPLETO:

    KASAI Pro
    Nova York, nos Estados Unidos
    Sábado, 9 de dezembro de 2017

    Yuri Simões x Gordon Ryan
    Murilo Santana x Craig Jones

    GP Peso-leve

    – Grupo A
    Celsinho Venicius
    Gianni Grippo
    Enrico Cocco
    Junny Ocasio

    – Grupo B
    Garry Tonon
    Mansher Khera
    Renato Canuto
    AJ Agazarm

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome