IV Simpósio Nacional de Lutas se consolida como maior evento do país em difusão científica

    Simpósio Nacional de Lutas teve inúmeros cursos práticos e teóricos no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

    No último fim de semana, sábado (2) e domingo (3), foi realizado em Botafogo, no Rio de Janeiro, o IV Simpósio Nacional de Lutas, que se consolidou como evento mais importante do país em difusão científica relacionado as artes marciais. Diversos participantes das cinco regiões do Brasil compareceram e ganharam certificados especiais.

    No sábado (2), o evento começou sob o comando do Professor e Doutor Jorge Columá, que é da Capoeira e apresentou propostas para trabalhos lúdicos com crianças. Na sequência, Fabrício Cardoso mostrou técnicas para trabalhar o poder de reação e velocidade dentro de uma luta.

    Nemo Judice, técnico da seleção nacional de Boxe, participou do Simpósio e destacou a importância de se “reciclar” e “aprofundar” em conceitos importantes. Angel Torres Aldama, ex-atleta de elite da seleção nacional de Cuba (Luta Olímpica – Wrestling) ministrou o curso Preparação Física e Técnica no Alto Rendimento das Lutas (nível mundial e olímpico).

    Ainda no sábado, aconteceu a mesa-redonda com os professores Paulo Caruso, técnico de luta da judoca Rafaela Silva, ouro na Rio 2016, e Angel Torres Aldama. O técnico da medalhista olímpica questionou a falta de investimento pós-Rio 2016, mas alertou para o aumento de intercâmbio entre judocas. O professor de Judô ainda realizou um curso de resistência, potência e força.

    Leandro Paiva, organizador do Simpósio, ministrou um curso sobre a periodização de treino para o atleta ter o máximo de performance na competição alvo. Ainda no sábado os participantes fizeram um tour pelos fragmentos “Lutas patrimônios da humanidade”, baseada na convenção da UNESCO e, em seguida, teve o curso ministrado pelo professor Eduardo sobre LPO para lutadores.

    Diversos participantes receberam o certificado do Simpósio Nacional de Lutas (Foto: Reprodução)

    No domingo, dez professores apresentaram trabalhos científicos. Logo na sequência, foi a vez dos professores Marcelo Antunes, da UFF, e do experiente Mestre Roberto Leitão transmitirem seus conhecimentos para os alunos. Já o Prof. Dr. Fabrício Boscolo Del Vecchio (Unicamp/UFPel) ministrou o curso “Preparação Física: Exercícios Intermitentes (HIIT / TABATA) nas Lutas, Artes Marciais e Modalidades Esportivas de Combate”.

    Leandro Paiva fez um balanço positivo do IV Simpósio Nacional de Lutas e revelou que a próxima edição será no último fim de semana de maio de 2018, em São Paulo.

    “Tivemos integrantes de todas as regiões do Brasil. Eu faço um balanço muito positivo no fim das contas. Foi um evento que teve a participação bem maciça. O fato de os alunos poderem apresentar trabalhos científicos, eles também têm voz, protagonismo e não está lá como depósito bancário de conteúdo e, sim, como transmissores também. Ou seja, teve muita coisa produtiva”, comentou.

    1 COMENTÁRIO

    1. Um grande trabalho realizado pelo Prof. Leandro Paiva. Um evento que reúne grandes nomes interessados em contribuir para melhorar e evoluir e aumentar a qualidade as lutas e modalidades de combate no Brasil. Sem duvida um trabalho impar que com toda certeza vai crescer mais e mais a cada novo evento. Parabéns Prof. Leandro e toda equipe de organização que trabalhou fielmente para realização de mais este grande Simpósio.
      At.: Marcio Cucchi – Santa Catarina

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome