Coluna da Team Nogueira: Minotouro analisa sucesso do 1º Combate Interno do Instituto Irmãos Nogueira

    Evento reuniu dezenas de crianças que fizeram a festa antes do Natal (Foto Júlio Machado / Edu Zanardi Fotografia )

    Olá, aqui é o Rogério Minotouro, e hoje eu vou falar um pouco sobre o nosso trabalho no Instituto Irmãos Nogueira, afinal de contas, este foi um ano de muitas realizações com o IIN. No último dia 16 ocorreu no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca (RJ), o 1º Combate Interno, que contou com duelos em diversas artes marciais como Muay Thai, Boxe, Luta Livre, Judô e Jiu-Jitsu, todos assistidos dos projetos sociais do Instituto Irmãos Nogueira.

    Com 500 alunos do Luta: Escola da Vida, o 1º Combate Interno teve uma repercussão positiva com todas as crianças e jovens que assistimos, afinal, é a representação de todo o esforço que a equipe do Instituto vem desenvolvendo durante esses anos de um belíssimo trabalho. Essas crianças podem aprender outras línguas, têm onde comer, desenvolvem novas aptidões e têm acompanhamento psicológico, pediátrico, dental, entre outros, graças a capacidade dos nossos colaboradores que estão sempre correndo atrás de coisas boas.

    É nítido perceber que os envolvidos com o Instituto são profissionais e professores engajados e que amam o que fazem. Não é à toa que falamos em sermos uma família, pois somos mesmo. Este evento foi o reflexo da alta capacidade dos nossos colaboradores e estamos realmente fechando o ano com chave de ouro, projetando 2018 ainda melhor.

    O evento contou com uma equipe de arbitragem voluntária e qualificada para realizar os combates, além de uma infraestrutura com ringue e tatame para tornar possível o andamento de todas as modalidades. Reconhecemos o belo trabalho dos professores que receberem bônus e medalhas, bem como contemplamos a todos os alunos com medalhas, até mesmo quem não venceu suas lutas, pois a finalidade do nosso encontro é justamente dar a chance de os alunos mostrarem seus talentos e serem reconhecidos por isso.

    Em sua coluna, Minotouro comemorou o sucesso do 1º Combate Interno (Foto Júlio Machado / Edu Zanardi Fotografia )

    Foi tudo com uma atmosfera saudável e competitiva, agregando muito valor na vida destas crianças e jovens, além de possibilitar o aumento da autoestima e fazer com que elas percebam a importância das artes marciais em suas vidas, dando chances para fazerem escolhas certas e seguir o caminho do bem, por mais que tenham momentos difíceis.

    Em entrevista ao site da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, o secretário Thiago Pampolha expressou a sua admiração ao projeto: “Perdemos muitos jovens diariamente por conta da violência, e esse é o nosso maior problema. O esporte tem papel fundamental para tirá-los dessa situação de vulnerabilidade, pois exerce a função de abrir oportunidades. O Instituto oferece uma segunda opção para nossos jovens não entrarem no mundo da criminalidade e da violência”, afirmou Pampolha sobre o Instituto.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome