Charles Blackout derrota Caionã Blade na luta principal do WOCS 48, e ex-UFC volta a vencer; veja como foi

Publicado em 19/12/2017 por: Diogo Santarém
Charles Blackout derrota Caionã Blade na luta principal do WOCS 48, e ex-UFC volta a vencer; veja como foi Blackout teve grande atuação em vitória sobre Caionã e comandou a festa no WOCS 48 (Foto FlashSport)

publicidade

O WOCS realizou, na última sexta-feira (15), a sua edição derradeira em 2017. Com a mescla de lutadores consagrados e nomes promissores do esporte, que é marca registrada da organização, o WOCS 48 fechou o ano com chave de ouro, em noite com grande lutas.

Charles “Blackout” e Caionã “Blade” mostraram porque estavam à frente do card principal do evento. A luta principal da noite colocou frente a frente dois dos melhores atletas da categoria (até 57kg) do Brasil e fez os espectadores presentes no Hotel Laghetto Stilo, na Barra da Tijuca, assistirem de pé. Após três rounds de muita intensidade, o estratégico Blackout garantiu a vitória sobre o explosivo Blade por decisão unânime dos jurados.

O co-main event do WOCS 48 promoveu a revanche entre Wallace “Lord” Portella e Patrício “Pitbull”. Considerada a melhor luta da 46ª edição do evento, ele protagonizaram novo duelo eletrizante. Os atletas mais uma vez aceitaram a trocação, desferindo duros golpes a todo momento. Vencedor do primeiro confronto entre eles, Lord fez valer o seu excelente Muay Thai e garantiu a segunda vitória diante de Patrício, dessa vez por nocaute técnico.

Na luta feminina do card, Duda “Cowboyzinha” e Ana Costa travaram uma verdadeira guerra. Em um combate disputado, Cowboyzinha teve o seu braço levantado ao final, sendo declarada vencedora por decisão unânime dos juízes. Já o ex-atleta da seleção brasileira de Wrestling e parceiro de treinos do peso-pesado do UFC, Luis Henrique “KLB”, Hugo “Silverback” Cunha, mostrou porque é considerado uma das maiores promessas da divisão. Dominando a luta desde o início, quando logo derrubou Robson “Montanha”, Hugo garantiu a vitória no final do primeiro round, por nocaute técnico, após ground and pound.

Sem vencer a três lutas, o ex-UFC Leleco reencontrou o caminha das vitórias e celebrou bastante (Foto FlashSport)

Ex-atleta do UFC, Leonardo “Leleco” Guimarães interrompeu sua sequência negativa de quatro derrotas seguidas, vencendo Maicon Kobayashi por finalização no segundo round. O atleta da TFT, que inicialmente enfrentaria Alan Bispo, mostrou não se importar com a troca de adversário e impôs seu jogo diante do striker da Team Base para triunfar.

RESULTADOS COMPLETOS:

WOCS 48
Hotel Laghetto Stilo, na Barra da Tijuca (RJ)
Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Card principal
Charles “Blackout” derrotou Caionã “Blade” por decisão unânime dos jurados
Wallace “Lord” Portella derrotou Patrício “Pitbull” por nocaute técnico no 2R
André Muniz “Sergipano” derrotou João Paulo “Guerreiro” por nocaute técnico no 1R
Leonardo “Leleco” Guimarães finalizou Maicon Kobayashi no 2R
Hugo “Silverback” Cunha derrotou Robson “Montanha” por nocaute técnico no 1R
Moisés “Jamanta” derrotou Beto Coutinho por nocaute técnico no 2R
Duda “Cowboyzinha” derrotou Ana Costa por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Nicolas Barna derrotou Francisco Ortiz por nocaute técnico no 2R
Mateus “Magriça” Brauns finalizou Hudson Melo no 1R
Altamiro de Jesus x Pablo Almeida terminou em empate
Cosme Santos derrotou Nathan Leite por decisão unânime dos jurados
Vanderson Barbosa derrotou Shelton Arnaldo por nocaute técnico no 1R

Card amador
Jairo “Mumuzinho” Pacheco derrotou Eduardo Terêncio por decisão unânime dos jurados
Cristiano “Billy” França derrotou Alexandro Maciel por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade