Hulk e Jéssica Flowers levam ouro duplo e brilham no Mundial No-Gi; resultados

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 18/12/2017
Hulk e Jéssica Flowers levam ouro duplo e brilham no Mundial No-Gi; resultados Lucas Hulk é uma das grandes atrações do Europeu No-Gi da IBJJF, que acontece em Roma (Foto IBJJF)

publicidade

No último fim de semana (16 e 17), a Califórnia, nos Estados Unidos, foi o palco do Mundial No-Gi da IBJJF. A competição movimentou diversos nomes de peso, que travaram batalhas emocionantes dentro dos tatames. Os grandes destaques, porém, ficaram por conta de Lucas Hulk, da Atos, e Jéssica Flowers, da Gracie Barra, que faturaram o ouro duplo na categoria adulto faixa-preta e impressionaram por suas exibições sem o quimono.

Confira todos os campeões no Mundial No-Gi, aqui

Após subir duas categorias e se arriscar na divisão dos super-pesados, Hulk finalizou todas as lutas na categoria e derrotou João Assis na decisão. Já no absoluto, o lutador da Atos seguiu na mesma pegada, foi colecionando finalizações e encontrou com João Gabriel Rocha na grande final. Mais uma vez, Lucas Barbosa venceu e garantiu o ouro duplo.

Entre as mulheres, Jéssica Flowers e Ana Laura Cordeiro, ambas da Gracie Barra, fecharam as decisões na divisão dos pesados, assim como no peso-aberto feminino.


Outros campeões brilham na faixa-preta

No peso-galo, o casca-grossa Caio Terra conquistou a medalha dourada, enquanto no peso-pluma João Miyao foi o grande campeão. Entre os penas, o primeiro lugar foi conquistado por Osvaldo Queixinho. Nos leves, Renato Canuto, que brilhou há uma semana no Grand Prix do KASAI Pro, em Nova York (EUA), foi o campeão da divisão.

Já nos médios, Josh Hinger – campeão do ACB JJ – conquistou a medalha dourada. Nos meio-pesados, o título foi para Keenan Cornelius, enquanto a divisão dos pesados ficou com Arnaldo Maidana. Nos pesadíssimos, Roberto Abreu brilhou e foi o grande vitorioso.

No feminino peso-pena, a fera Talita Alencar foi a grande campeã. Nos leves, Jena Bishop faturou a medalha de ouro, enquanto nos médios foi a vez de Raquel Paaluhi.

Atos e Gracie Barra lideram entre equipes 

Assim como os lutadores, as equipes também subiram ao pódio ao fim do Mundial Sem Quimono da IBJJF. No masculino, o Top 3 foi formado por Atos na primeira posição, seguida da PSLPB Cícero Costha e da Brasa CTA. Já no feminino, a Gracie Barra foi a equipe campeã, com a Alliance em segundo e a Gracie Humaitá em terceiro.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade