Ortega finaliza Swanson na luta principal do UFC Fresno; Marlon Moraes brilha

Publicado em 10/12/2017 por: Yago Redua
Ortega finaliza Swanson na luta principal do UFC Fresno; Marlon Moraes brilha Brian Ortega ajustou a guilhotina e não deu espaço para Cub Swanson se defender (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

O Ultimate desembarcou neste sábado (9), em Fresno, na Califórnia (EUA), para realização do UFC Fight Night 123. Na luta principal da noite, pela divisão peso-pena, Brian Ortega mostrou toda a eficiência do seu Jiu-Jitsu para finalizar Cub Swanson no segundo round. No co-main event, Gabriel Benítez superou Jason Knight pela mesma divisão. O Brasil foi representado no evento por cinco lutadores. Marlon Moraes e Davi Ramos conquistaram excelentes vitórias, enquanto Markus Maluko, Iuri Marajó e Antônio Braga Neto saíram derrotados.

Jiu-Jitsu refinado de Ortega defina luta

O main event do UFC Fresno colocou frente a frente dois lutadores completos. Para evitar o jogo de chão um do outro, a luta foi desenvolvida durante o primeiro round em pé. Swanson optava por combinações de chutes e golpes alternados entre a linha de cintura e o rosto. Ortega se movimentava, contra-atacava e fazia sequências de jabs e diretos. Já no fim do primeiro assalto, T-City encaixou uma guilhotina, que virou um triângulo de mão e Cub só não foi finalizado, pelo fato de o tempo ter estourado.

Já no segundo round, a história da luta seguiu basicamente o mesmo roteiro. No entanto, desta vez Ortega não esperou chegar até os segundos finais para implementar o seu Jiu-Jitsu. Ao encontrar uma brecha no jogo de Swanson, T-City voltou a encaixar a guilhotina e ajustou até o oponente bater. O lutador se mantém invicto no MMA e se consolida como um dos grandes nomes da divisão dos penas e entra em rota de cinturão, que atualmente pertence ao havaiano Max Holloway.

Benítez controla e vence co-main event

Logo no começo do co-main event, o árbitro retirou um ponto de Jason Knight após o lutador morder a mão de Gabriel Benítez. A partir deste momento, o jogo ficou favorável para mexicano que soube controlar muito bem a luta. “Moggly” manteve o combate em pé e sempre esteve um passo a frente em relação as ações do oponente. Por sua vez, Knight se perdeu e abriu brechas em seu jogo. Benítez conquistou a vitória por decisão unânime dos jurados.

Gabriel Benítez derrotou Jason Knight por decisão unânime dos jurados (Foto: Getty Images)

Marlon Moraes conquista nocaute brilhante

Retornando ao octógono menos de um mês após vencer John Dodson, Marlon Moraes foi impecável contra Aljamain Sterling. O lutador de Nova Friburgo começou o confronto com muita intensidade e acertou uma joelhada fatal para nocautear o nova-iorquino ainda no primeiro round. Inclusive, o americano precisou ser retirado de maca do cage. Em entrevista ainda no palco da luta, Marlon pediu para seguir na ativa e lutar “o quanto antes”.

Marlon Moraes conquistou um nocaute brutal sobre Aljamain Sterling (Foto: Getty Images)

Maluko começa bem, mas é derrotado

Estreante no Ultimate, Markus Maluko fez um bom primeiro round de luta. O lutador derrubou o adversário, chegou a ficar próximo de uma finalização e teve reflexo para se esquivar de boa parte dos golpes conectados por Eryk Anders. No entanto, nos dois assaltos seguintes, o gás foi indo embora e o brasileiro virou uma presa fácil para o americano, que acertou os golpes mais limpos e ainda trabalhou o grand and pound. No fim, vitória por decisão unânime para Anders.

Markus Maluko não conseguiu controlar o gás e foi derrotado por Eryk Anders (Foto: Getty Images)

Marajó perde em luta morna

Terceiro brasileiro a subir ao octógono do UFC Fresno, Iuri Marajó teve uma performance bem discreta. Os três rounds do confronto com Alejandro Perez foram mornos e, em diversos momentos, o público presente na Arena vaiou a postura dos dois lutadores. No fim do embate, Perez conectou dois golpes que chamaram mais atenção e foram determinantes para garantir a vitória por decisão unânime dos jurados.

Em luta morna, Alejandro Perez derrotou Iuri Marajó por decisão unânime dos jurados (Foto: Getty Images)

Davi finaliza e vence primeira no UFC

Vindo de derrota em sua estreia no Ultimate, Davi Ramos iniciou o confronto de maneira bem agressiva e mostrando evolução na trocação. Ainda no primeiro round, o brasileiro trabalhou no chão e controlou o adversário. Já no segundo assalto, Chris Gruetzemacher reagiu e reduziu o ímpeto do carioca, que sofreu com alguns cruzados e low kicks. No entanto, assim que começou o último round, “Tasmanian” derrubou o oponente com facilidade, pegou as costas e encaixou o mata-leão para garantir o primeiro triunfo na organização.

Davi Ramos finalizou Chris Gruetzemacher com um mata-leão no terceiro round (Foto: Getty Images)

Braga Neto sente ritmo e é nocauteado

Na abertura do card preliminar, Antônio Braga Neto marcou seu retorno ao octógono após mais de três anos afastado. O brasileiro conseguiu colocar a luta para o chão no primeiro round e chegou a tentar finalizar o oponente como uma chave de kimura. No entanto, a partir do segundo assalto, Trevin Giles, estreante no Ultimate, impôs o seu ritmo, passou a conectar os melhores golpes que castigaram o faixa-preta de Jiu-Jitsu. No terceiro round, o americano acertou um belo cruzado de direita e o carioca não resistiu. Com isso, foi decretado o nocaute técnico.

Trevin Giles derrota Antônio Braga Neto por nocaute técnico (Foto: Getty Images)

CONFIRA OS RESULTADOS

UFC Fight Night 123
Fresno, Califórnia (EUA)
Sábado, 9 de dezembro de 2017

Card principal

Brian Ortega finalizou Cub Swanson com uma guilhotina no 2R
Gabriel Benítez derrotou Jason Knight por decisão unânime dos jurados
Marlon Moraes derrotou Aljamain Sterling por nocaute no 1R
Scott Holtzman derrotou Darrell Horcher por decisão unânime dos jurados
Eryk Anders derrotou Markus Maluko por decisão unânime dos jurados
Benito Lopez derrotou Albert Morales por decisão unânime dos jurados

Card preliminar

Alexis Davis derrotou Liz Carmouche por decisão dividida dos jurados
Andre Soukhamthath derrotou Luke Sanders por nocaute técnico no 2R
Alex Perez finalizou Carls John de Tomas com triângulo de mão invertido no 2R
Frankie Saenz derrotou Merab Dvalishvili por decisão dividida dos jurados
Alejandro Perez derrotou Iuri Marajó por decisão unânime dos jurados
Davi Ramos finalizou Chris Gruetzemacher com um mata-leão no 3R
Trevin Giles derrota Antônio Braga Neto por nocaute técnico no 3R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade