Erberth Santos mira vitória no ACB JJ 10, se diz entre os ‘cinco melhores do mundo’ e crava: ‘Mérito meu’; veja

    Erberth Santos anunciou criação de sua própria equipe e planos para subir de peso (Foto: Mike Anderson)
    Erberth Santos é uma das estrelas do ACB JJ 10 e comemorou a oportunidade no evento (Foto Mike Anderson)

    Por Yago Rédua

    Após não ter o resultado esperado no absoluto do Europeu da IBJJF, realizado na última semana, em Portugal, Erberth Santos volta seu foco para o ACB JJ 10. O evento organizado pelo Berkut vai colocar frente a frente grandes nomes do Jiu-Jitsu, e o faixa-preta vai encarar o polonês Adam Wardzinski. Em entrevista à TATAME, o campeão mundial contou sobre o árduo processo de corte de peso para lutar na categoria até 95kg.

    “A maior guerra desta luta aí, vai ser eu bater 95kg, que é uma coisa que está me testando muito. O Adam é um cara muito duro, mas estou muito preparado para lutar com ele e tenho certeza que eu vou sair com a vitória”, comentou Erberth, contando ainda sobre a importância de participar de um card estelar como este no Clube Hebraica, em São Paulo.

    “Eu acho que é um mérito meu. Desde muito novinho, eu sempre sonhei que seria um dos grandes lutadores. Hoje, posso dizer que estou entre os cinco melhores lutadores do mundo. Lógico que isso é um mérito meu. Eu tenho que agradecer a Deus pela oportunidade que ele me deu e me agradecer por querer brigar por essa oportunidade e não deixar passar. É uma honra muito grande estar lá como grande favorito e junto de grandes nomes do esporte. É o maior card, mais difícil do que um campeonato. O presidente do ACB conseguiu reunir os maiores lutadores do planeta, em um evento só”.

    Sobre o ACB, que vem crescendo e valorizando os lutadores, o faixa-preta relembrou que foi um dos primeiros nomes à assinar com a organização. Erberth disse ainda que sempre acreditou no projeto apresentado e exaltou a franquia, prevendo voos maiores.

    “Eu tive a honra de participar deste projeto, assinei o contrato na primeira leva. Desde o início, quando tinha que fazer uma luta lá na Polônia, bem longe, mas demos total apoio, compramos a ideia deles. Eles reuniram os atletas, pagaram direitinho, sempre pagam todo mundo. Não deixam para pagar depois. Eu não tenho que falar do evento, só agradecer o que eles têm feito pelo nosso esporte e parabeniza-los. Nenhuma organização da arte que eu pratico está dando a moral que eles estão dando. Hoje, eu posso dizer que sou 100% atleta do Berkut e se tiver um evento internacional e o ACB, eu luto o Berkut”.

    CARD COMPLETO:

    ACB Jiu-Jitsu 10
    Clube Hebraica, em São Paulo (SP)
    Sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

    Luiz Panza x João Gabriel Rocha
    Augusto Tanquinho x Paulo Miyao
    Marcus Almeida x Mahamed Aly
    Leandro Lo x Otávio Sousa
    Marcio André x Lucas Lepri
    Erberth Santos x Adam Wardzinski
    Cláudio Calasans x Patrick Gaudio
    Romulo Barral x Arnaldo Maidana
    Yuri Simões x Abdurakhman Bilarov
    Braulio Estima x Rudson Mateus
    Mikey Musumeci x Rafael Barata
    Gabriel Lucas x Ricardo Evangelista
    Marcelo Mafra x Luan Carvalho
    Rodrigo Cavaca x Igor Silva
    Thiago Sá x Josh Hinger
    Osvaldo Moizinho x Nicollas Welker
    Lucas Rocha x Rodrigo Caporal

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome