Shooto Brasil 80: Glyan Alves bate o ex-campeão Luciano Benício em noite repleta de finalizações; saiba mais

    O primeiro capítulo do Shooto Brasil em 2018 foi escrito na noite do último domingo (28). A edição de número 80 aconteceu na Upper Arena, casa do evento no Rio de Janeiro. Na luta principal da noite, o ex-campeão dos galos Luciano Benício foi derrotado por Glyan Alves com um belo nocaute técnico e sofreu mais um revés após a perda do título. No co-main event, o experiente Andrius Tigrão retornou após quatro anos de inatividade e venceu Roger Berger por decisão unânime. O card contou também com outros seis bons combates e um show de finalizações, com destaque para as feras Rafael Macapá e Davi Pigmeu.

    Alguns meses após a perda do cinturão peso-galo, o baiano Benício voltou a protagonizar uma luta principal do Shooto Brasil, diante de Glyan Alves. E o resultado não foi bem o esperado. Apesar do início agressivo, Benício foi surpreendido com uma incrível sequência de socos de Glyan, que o levaram à lona ainda no round inicial. Vitória por nocaute.

    Quatro anos depois do seu último combate, o faixa-preta de Jiu-Jitsu Andrius Tigrão voltou a pisar em um cage de MMA. Professor da equipe Nova União e dos policiais do BOPE, Tigrão tinha pela frente um nome conhecido do Shooto: Roger Berger. Mas enganou-se quem pensava que o lutador sentiria o tempo parado. Com um jogo de chão afiado e muita inteligência na luta em pé, ele dominou os três rounds e saiu vencedor por unanimidade.

    No duelo entre Cleverson Carrilho e Henrique Souza, emoção não faltou. Com os dois atletas mostrando muita vontade e uma trocação em dia, ficou claro que o embate não iria para a decisão dos juízes. Antes do término do primeiro round, Cleverson aproveitou-se de uma boa sequência para derrubar e encaixar o mata-leão que colocou fim no combate. Uma das revelações da equipe Nova União, Rafael Macapá foi outro que fez bonito. Agressivo desde o inicio do combate diante de Danver dos Santos, o jovem lutador também venceu com um mata-leão, no segundo round, mostrando as suas credenciais.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    Shooto Brasil 80
    Arena Upper, no Flamengo (RJ)
    Domingo, 28 de janeiro de 2018

    Glyan Alves derrotou Luciano Benício por nocaute técnico no 1R
    Andrius Tigrão derrotou Roger Berger por decisão unânime dos jurados
    Cleverson Carrilho finalizou Henrique Souza com um mata-leão no 1R
    Rafael Macapá finalizou Danver dos Santos com um mata-leão no 2R
    Bruno Assis derrotou Jaílton Malhadinho por decisão unânime dos jurados
    Werick Dinamite derrotou Elves Oliveira por decisão unânime dos jurados
    Davi Pigmeu finalizou Leo Speed com uma chave de braço no 1R
    Leonardo Navi finalizou Dyllan Nascimento com um triângulo no 3R

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome