Larkin vence no Bellator, LFA e ONE têm campeões, e brasileiros perdem no ACB

    Ex-UFC Lorenz Larkin venceu a primeira no Bellator, após superar Fernando Gonzalez na decisão (Foto Bellator)

    Na última sexta-feira (26), na Califórnia (EUA), foi realizada a edição 193 do Bellator. Na luta principal, o ex-UFC Lorenz Larkin chegou a sua primeira vitória na organização, após duas derrotas seguidas. O lutador superou, por decisão unânime, Fernando Gonzalez, em disputa válido pelo peso-casado de até 82kg. Do outro lado, derrotado, “The Menifeee Maniac” contabilizava dois triunfos seguidos. Já no co-main event, Saad Awad superou JJ Ambrose, também por decisão unânime, e engatou sua terceira vitória seguida nos leves.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    Bellator 193
    Califórnia, nos Estados Unidos
    Sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

    Lorenz Larkin derrotou Fernando Gonzalez por decisão unânime dos jurados
    Saad Awad derrotou J.J. Ambrose por decisão unânime dos jurados
    A.J. Matthews derrotou Kendall Grove por decisão dividida dos jurados
    Jake Smith derrotou Steve Kozola por nocaute no 1R
    Everett Cummings derrotou Ben Beebe por nocaute técnico no 1R
    Joshua Jones finalizou Demarcus Brown com um estrangulamento no 1R
    Moses Murrietta derrotou Chris Herrera por nocaute no 1R
    Mike Andaya derrotou Julio Aguilera por decisão unânime dos jurados
    Mark Vorgeas derrotou Tim Riscen por nocaute no 1R
    Justin Lawrence derrotou Andrew Natividad por decisão unânime dos jurados
    Tyrell Fortune derrotou Joe Hernandez por decisão unânime dos jurados
    Tyree Fortune derrotou Michael Quintero por decisão unânime dos jurados

    Dois novos campeões no LFA 32

    Também na sexta-feira, no LFA 32, em Louisiana (EUA), foram colocados dois cinturões em jogo. Na luta principal, Anthony Hernandez derrotou Brendan Allen e conquistou o título na categoria dos médios, além de receber a faixa-preta de Jiu-Jitsu. No co-main event, Ryan Spann nocauteou Alex Nicholson e se tornou o primeiro campeão peso-leve da franquia. Único brasileiro no card, Carlo Prater venceu Eric Scallan por finalização com um triângulo.

    Anthony Hernandez se tornou campeão peso-médio do LFA ao derrotar Brendan Allen (Foto divulgação LFA)

    RESULTADOS COMPLETOS:

    LFA 32
    Louisiana, nos Estados Unidos
    Sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

    Anthony Hernandez derrotou Brendan Allen por decisão unânime dos jurados
    Ryan Spann derrotou Alex Nicholson por nocaute no 1R
    Carlo Prater finalizou Eric Scallan com um triângulo no 2R
    Zach Fears derrotou Lanny Dardar por nocaute técnico no 1R
    Juan Adams derrotou Dwight Daniel Gipson por nocaute técnico no 1R
    Aaron Reeves derrotou Brandon Shavers por decisão dividida dos jurados
    Carlos Martinez derrotou Daniel Hoffpauir por decisão unânime dos jurados
    Javier Obregon finalizou Joel Scott com uma guilhotina no 2R
    Marcus Andrusia finalizou Randy Billiot com uma kimura no 1R
    Aaron Davis derrotou Darrell Wood por nocaute no 1R
    Timothy Messer finalizou Nicko Commissiong com uma chave de braço no 3R

    ONE define novo campeão interino

    Ainda na sexta-feira, pelo ONE Championship, um novo campeão foi definido. Fazendo a luta principal do card em Manila, nas Filipinas, o lutador da casa Geje Eustaquio venceu a revanche contra o cazaque Kairat Akhmetov e conquistou o cinturão interino dos moscas.

    O triunfo por decisão unânime dos jurados credenciou Eustaquio como próximo desafiante do brasileiro Adriano Moraes, campeão linear, mas que atualmente se encontra lesionado. Ainda pelo ONE, que contou com nocautes relâmpagos, três brasileiros entraram em ação.

    Campeão linear Adriano Moraes e campeão interino Geje ficaram frente a frente (Foto ONE)

    Enquanto Rafael Nunes “salvou a pátria” e saiu vencedor ao finalizar Eric Kelly com um triângulo de mão, no segundo round, Yago “Codorninha” Bryan e Bruno Pucci tiveram menos sorte, sendo superados por Hayato Suzuki e Emilio Urrutia, respectivamente.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    ONE Championship
    Manila, nas Filipinas
    Sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

    Geje Eustaquio derrotou Kairat Akhmetov por decisão unãnime dos jurados
    Joshua Pacio finalizou Ming Qiang Lan com um mata-leão no 1R
    Rafael Nunes finalizou Eric Kelly com um triângulo de mão no 2R
    Haobin Ma derrotou Sotir Kichukov por nocaute técnico no 2R
    Hayato Suzuki finalizou Yago Bryan com um mata-leão no 1R
    Emilio Urrutia derrotou Bruno Pucci por nocaute no 1R
    Edward Kelly derrotou Meas Meu por nocaute no 1R
    Jomary Torres derrotou April Osenio por nocaute no 1R
    Rajinder Singh Meena finalizou Zehao Zhang com uma guilhotina no 1R
    Adrian Matheis finalizou Eddy Kalai com um mata-leão no 1R

    Brasileiros perdem sete no ACB 79

    Dentro do UFC, o Brasil em 2018 tem uma vitória e nove derrotas. Porém, a fase negativa também tem se arrastado para outros eventos, como o ACB. Na edição 79, realizada sábado (27), na Chechênia, sete brasileiros subiram ao cage e foram derrotados. Na luta principal, Arbi Agujev nocauteou Marcelo Grilo em apenas 58s, no entanto, o experiente árbitro Herb Dean não assinalou uma joelhada ilegal do russo, que no fim saiu vitorioso.

    No co-main event, Maike Linhares perdeu para Adlan Bataev por decisão unânime dos jurados. Outros brasileiros que subiram ao cage e não obtiveram êxito foram Clécio Oliveira, Luis Fernando Hulk, Bruno Viana, André Borges e também Janailson Kevin.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    ACB 79
    Grózni, na Chechênia (RUS)
    Sábado, 27 de janeiro de 2018

    Arbi Agujev derrotou Marcelo Grilo por nocaute no 1R
    Adlan Bataev derrotou Maike Linhares por decisão unânime dos jurados
    Dovletdzhan Yagshimuradov derrotou Luis Fernando Hulk por nocaute no 1R
    Rasul Shovalov finalizou Clécio Oliveira com um triângulo no 1R
    Baysangur Vakhitov derrotou Jae Young Kim por decisão unânime dos jurados
    Magomed Ginazov derrotou Bruno Viana por nocaute técnico no 2R
    Husein Kushagov derrotou Michal Wiencek por nocaute no 1R
    Abdul-Rakhman Temirov derrotou André Borges por decisão unânime dos jurados
    Shamil Shakhbulatov derrotou Xavier Alaoui por decisão majoritária dos jurados
    Kurban Gadzhiev derrotou Janailson Kevin por decisão unânime dos jurados

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome