Treinadores do TUF 27, Miocic e Cormier comentam disputa pelo cinturão peso-pesado no UFC 226

    Stipe Miocic e Daniel Cormier prometem um duelo de tirar o fôlego dos fãs no dia 7 de julho (Foto MMA Junkie)

    O dia 7 de julho promete ser histórico para o MMA. Nesta data, no encerramento da 7ª International Fight Week, Stipe Miocic, campeão peso-pesado do Ultimate, e Daniel Cormier, campeão meio-pesado, se enfrentam pela luta principal do UFC 226, na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA), para definir quem será o grande rei da divisão dos pesados.

    Antes, porém, Miocic e Cormier serão treinadores do TUF 26. O The Ultimate Fighter: Undefeated terá um elenco de lutadores invictos dos pesos leve e pena. O vencedor de cada torneio receberá um contrato de seis dígitos com o Ultimate. Ao todo, a temporada terá 12 episódios, além da grande final, ao vivo, em um evento ainda a ser anunciado.

    Confira todos os integrantes do TUF 27 clicando aqui

    A coroa final do programa será a disputa pelo título peso-pesado entre Miocic e Cormier, e nesta semana, ambos falaram sobre o embate em entrevista ao site MMA Fighting. A dupla manteve a cordialidade, e o americano de origem croata expressou seu respeito por “DC”.

    “Em primeiro lugar, Daniel é uma pessoa incrível. Acho ele um ótimo cara. Eu o conheço há algum tempo e simplesmente o amo. Ele é super resistente, um medalhista olímpico, vencedor do GP do Strikeforce, atual campeão meio-pesado (do UFC)… São tantos elogios, ele é incrível. Mas partindo para uma superluta, eu queria ter certeza de que era o certo para nós dois, e era, então estamos fazendo isso”, afirmou Miocic, que prosseguiu.

    “É um negócio no final do dia. Não tenho ressentimentos com ele (Cormier) e acho que ele sente o mesmo. Espero que sinta. Fazemos isso por nossas famílias e por nós mesmos”.

    A respeito do confronto em si, Miocic exaltou seu adversário e disse que Cormier sabe das suas chances de vencer, projetando um duelo histórico pelo main event do UFC 226.

    “Ele (Cormier) não aceitaria a luta se achasse que não tem chance. Ele é um cara duro, lutou antes como peso-pesado. Ele é um dos melhores do mundo, se não o melhor. Quero dizer, ele enfrentou os tops durante toda sua carreira, então será uma noite maravilhosa”.

    Apesar da reclamação de alguns lutadores, duelo entre Miocic e Cormier empolgou os fãs (Foto divulgação)


    ‘Se eu ganho, sou o maior de todos os tempos’

    Em sua entrevista, Cormier manteve o espírito de respeito entre ambos. Porém, ao ser questionado sobre aonde chegaria em caso de uma vitória sobre Miocic, exaltou as qualidades do seu rival, mas disse que se consagraria como o maior de todos os tempos.

    “Quando penso em uma luta contra o Stipe, é uma luta muito dura, uma montanha muito difícil para eu escalar. Mas a verdade é que eu sempre falei sobre competição e legado, e quando você pensa em legado, se eu puder realizar isso (vencer), não há como negar o que eu fiz pelo esporte”, opinou o campeão meio-pesado, que continuou com sua reflexão.

    “(Se) eu ganho essa luta no dia 7 de julho, eu sou o maior lutador de todos os tempos. Terei feito algo inédito e é o que eu sempre persegui. Persegui isso nas lutas com (Jon) Jones, porque mesmo com os cinturões, eu sempre dizia: ‘Quando eu derrotar Jones, serei o maior de todos os tempos’. Então, acredito que uma vez que eu faça isso (vença o Miocic), estarei nas conversas sobre os melhores lutadores de todos os tempos”, encerrou.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome