Após membro da Jackson-Wink chamar Cris de ‘homem’, equipe revela ‘provocação’ da campeã

Publicado em 02/01/2018 por: Yago Redua
Após membro da Jackson-Wink chamar Cris de ‘homem’, equipe revela ‘provocação’ da campeã Cris Cyborg é atual campeã dos penas e lutou pela última vez em março, no UFC 222 (Foto Getty Images)

publicidade

O confronto entre a campeã Cris Cyborg e Holly Holm aconteceu no último sábado (30), pelo UFC 219, e terminou com vitória da brasileira. No entanto, nas redes sociais, as provocações não cessaram entre a curitibana e a equipe da americana. Ainda na coletiva de imprensa após o evento, um fotógrafo da Jackson-Wink MMA fez um post ofensivo contra a dona do cinturão dos penas e se referiu a brasileiro como “homem”.

“Este cara é duro pra caramba. Ele disse que Holly foi a primeira a fazê-lo sangrar o nariz”, postou o fotógrafo nas redes sociais e, horas mais tarde, apagou a publicação.

Logo em seguida, Cyborg respondeu ao ataque feito pelo fotógrafo da Jackson-Wink e cobrou uma atitude do Ultimate, quanto ao credenciamento de pessoas para a cobertura de eventos.

“Não é aceitável que um representante oficial de Holly Holm e da Jackson-Wink MMA me chame de transgênero logo depois da minha luta. O fotógrafo oficial deles recebeu uma credencial para ficar nos bastidores do UFC e espero um pedido de desculpas ou que a capacidade dele de conseguir credenciais para eventos futuros do UFC seja afetadas por suas ações”, disparou Cyborg.

Resposta da Jackson-Wink

A própria equipe de Holly Holm repreendeu o ato do fotógrafo ao chamar Cyborg de “homem”, contudo, em um post no Facebook, a Jackson-Wink revelou que a brasileira provocou alguns membros do time nos bastidores da T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA). Na publicação, ainda foi declarado o pedido de “revanche”.

“Após a vitória da Cyborg, ela foi ouvida nos bastidores por nosso cara de mídia chamando Holly de “frouxa” e rindo de uma foto que mostrava seu dedão do pé no olho de Holly. Eles foram ouvidos zombando da atuação da Holly. Nosso cara de mídia entrou na defensiva da nossa lutadora e usou o histórico de uso de esteroides de Cyborg para uma resposta impulsiva. Não concordamos como provocações que tentem diminuir as pessoas. […] Estamos ansiosos por uma revanche”, apontou a equipe em um comunicado oficial.

Já conhece o App da TATAME para celular e o nosso shopping virtual? Confira!

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade