Cyborg ‘não descarta’ luta com Amanda e cutuca: ‘Acho que a Holm é mais difícil’

Publicado em 04/01/2018 por: Yago Redua
Cyborg ‘não descarta’ luta com Amanda e cutuca: ‘Acho que a Holm é mais difícil’ Cris Cyborg não descarta confronto com Amanda Nunes e ainda provoca a brasileira (Foto: Reprodução)

publicidade

Campeã dos penas do Ultimate, Cris Cyborg sempre deixou claro que não gostaria de lutar com Amanda Nunes, campeã peso-galo, alegando que as duas são brasileiras. No entanto, na quarta-feira (3), no teaser da série “The Thrill and the Agony”, que mostra os bastidores dos principais cards da organização, como o UFC 219, realizado no último dia 30, em Las Vegas (EUA), a curitibana afirmou que não vai recusar uma luta, caso apareça a oportunidade de subir ao octógono contra a “Leoa”.

“Eu não vou dizer não à luta (com Amanda). Eu vou dizer que não gostaria, porque somos brasileiras, mas se ela quiser me enfrentar e o Ultimate quiser…”, apontou Cris no início do diálogo, que recebeu uma resposta positiva do seu treinador de Boxe: “E esta é a verdade, a verdade é sempre o melhor caminho a se seguir”, completou Jason Parillo.

Tito Ortiz, responsável por treinar o Wrestling de Cris Cyborg, não mediu palavras e afirmou que a “Leoa” não vai querer um confronto, após assistir a luta da campeã contra Holly Holm, no UFC 219.

“Não sei, acho que ela não vai querer (lutar) depois dessa surra (que você deu na Holly)”, comentou Tito Ortiz e, em seguida, Cyborg provocou a compatriota: “Não (vai querer lutar), acho que a Holly é “more tough” (mais difícil) do que ela. A Holly é difícil”, finalizou.

Confira abaixo o diálogo, em inglês:

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade