Jacaré relembra tempo afastado por lesões, mas promete ‘boa atuação’ contra Brunson: ‘Pronto para voltar’

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 25/01/2018
Jacaré relembra tempo afastado por lesões, mas promete ‘boa atuação’ contra Brunson: ‘Pronto para voltar’ Ronaldo Jacaré revelou que pensou em abandonar o esporte após as lesões (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

Nove meses após a derrota para Robert Whittaker, o peso-médio Ronaldo Jacaré vai retornar ao octógono neste sábado (27), pelo UFC on FOX 27, em Charlotte (EUA), contra Derek Brunson. Neste período longe do cage, o faixa-preta de Jiu-Jitsu passou por duas intervenções cirúrgicas, e em entrevista ao site MMA Junkie, ele revelou o drama sofrido com um rompimento parcial no peitoral maior e um sério problema com o apêndice.

“Eu já estava pensando em voltar. Estava feliz em poder voltar e, então, tive a questão do apêndice. Isso explodiu (o apêndice). Foi bastante complicado. Senti muita dor. Eu fiz uma cirurgia e fiquei no hospital por sete dias. Então, quando eu cheguei em casa, quem aparece lá? A USADA (Agência Antidoping dos EUA). Lá estava eu, com uma bolsa de gelo na minha barriga, todo espremido, e lá estavam eles coletando o meu sangue e a minha urina (risos). Não estou reclamando (sobre USADA). Eu amo isso que eles fazem. Eles estão fazendo um esporte mais limpo, mas foi uma situação diferente”, relembrou Jacaré.

Logo após a derrota para Whittaker, que atualmente é o campeão linear dos pesos-médios, Jacaré precisou ir para mesa de cirurgia. O lutador revelou que, por pouco, não abandonou o esporte, mas que a vontade de seguir lutando foi crucial para retornar ao octógono.

“Foi horrível. Em toda a minha vida como atleta, nunca me lesionei assim seguidamente. E então, nestes últimos anos, é uma lesão após a outra. Depois disso, pensei: ‘Eu acho que vou parar de lutar’. Seis meses fora, com uma lesão tão grave. Eu digo que esta foi a lesão da lesão, por causa do tempo em que eu estava ausente. Seis meses sem poder fazer absolutamente nada. Não tive tempo. Estava fora de forma (no retorno aos treinos). Era horrível. Eu tive uma coisa que me manteve: meu poder de vontade. Era só isso. Não havia mais nada”, contou Jacaré, afirmando que tem um “propósito” para seguir no Ultimate.

“Eu sempre termino o que começo, e sei que não terminei meu propósito no UFC. Muitas pessoas podem não acreditar nisso, mas sim. Eu acredito que vou ganhar (do Brunson), avançarei, ficarei bem. Vou mostrar um bom desempenho. Estarei em forma, eu retornei. Da mesma forma que ele (Brunson) mudou, ele ainda diz a mesma coisa que antes, que vai me derrubar, fazer isso ou aquilo. Vou dizer uma coisa: as lutas são resolvidas no octógono. E é lá que vou encontrá-lo. Estou pronto. Isso é tudo o que posso dizer sobre a minha próxima luta. Estou pronto, indo bem e feliz”, encerrou Jacaré, que no primeiro encontro entre eles derrotou Brunson por nocaute em 41s, em 2012, pelo Strikeforce.

CARD COMPLETO:

UFC on FOX 27
Charlotte, nos Estados Unidos
Sábado, 27 de janeiro de 2018

Card principal
Ronaldo Jacaré x Derek Brunson
Dennis Bermudez x Andre Fili
Jordan Rinaldi x Gregor Gillespie
Drew Dober x Frank Camacho

Card preliminar
Eric Koch x Bobby Green
Mirsad Bektic x Godofredo Pepey
Katlyn Chookagian x Mara Romero Borella
Randa Markos x Juliana Lima
Justine Kish x Ji Yeon Kim
Vinc Pichel x Netto BJJ
Niko Price x George Sullivan
Austin Arnett x Cory Sandhagen

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade