Líderes de equipe da Região Serrana do Rio projetam o Circuito Brasil Open Mineirinho 2018; confira

Publicado em 16/01/2018 por: Yago Redua
Líderes de equipe da Região Serrana do Rio projetam o Circuito Brasil Open Mineirinho 2018; confira Pedro Henrique junto com a família e membros da FJJD-Rio e CBJJD na cerimônia do último sábado (Foto Click Art-Suave)

publicidade

Por Yago Rédua

Nos dias 3 e 4 de fevereiro, no Tijuca Tênis Clube, na Zona Norte do Rio de Janeiro, será dada a largada para o Circuito Brasil Open Mineirinho, com o Desafio Verão. Ao longo da temporada 2018, os competidores vão disputar passagens para competições internacionais da UAEJJF, como etapas do Grand Slam e o grandioso World Pro (Mundial da modalidade).

As inscrições para a primeira etapa estão abertas e vão até 26 de janeiro, tendo prazos antecipados com promoções nas inscrições e filiações. No último sábado (13), a FJJD-Rio e CBJJD entregaram mais de R$ 30 mil em premiações para os vencedores do ranking 2017.

Faça sua inscrição no Desafio Verão 2018, aqui

Como um esquenta para a temporada de 2018, a TATAME conversou com quatro líderes de equipes da Região Serrana do Rio de Janeiro que vão participar do Circuito neste ano. Os professores destacaram todo o trabalho feito pelas duas entidades em prol dos atletas e afirmaram que vão com tudo para concorrer as passagens internacionais e outros prêmios.

Confira abaixo a declaração de cada professor:

– Pedro Henrique / Gordo JJ de Nova Friburgo
As premiações do ranking da FJJD-Rio/CBJJD fazem com que o ranking seja bem conceituado entre os atletas que moram no estado do Rio de Janeiro. Eu, por exemplo, coleciono medalhas do ranking desde a primeira edição, em 2008. A Gordo JJ vai entrar em peso no ranking neste ano. Aqui em Nova Friburgo, a equipe estava focada nos treinos para continuar trazendo bons resultados para a temporada que se inicia em fevereiro.

– Cláudio Muniz / Carslon Gracie Teresópolis
Acho muito legal. É um projeto bem consolidado. A minha equipe sempre concorre ao ranking. Estamos nos preparando para esta primeira etapa, o Desafio Verão. O pessoal está voltando de férias, mas vamos entrar forte e é possível até que eu lute também. A academia Carlson Gracie Teresópolis prestigia sempre os torneios da FJJD-Rio e CBJJD.

– Roger Tayakas / Pitbull de Teresópolis
As premiações do ranking da FJJD-Rio/CBJJD são importantes para os atletas, como para nós que somos professores também, porque é uma forma de o atleta se destacar em uma competição internacional. Com isso, ele consegue resultados pessoais para ele, já que pode arrumar patrocínios, e também representa a nossa equipe, levando a nossa bandeira para fora do país. Nada disso seria possível sem o ranking da FJJD-Rio/CBJJD, que valoriza nossos atletas e o Jiu-Jitsu. O ritmo de preparação para o ranking de 2018 está a todo vapor. Vamos participar do Desafio Verão com 50 atletas. Está todo mundo focado em uma das premiações. Vale ressaltar, que não será fácil para ninguém, porque o nível é altíssimo.

– Gilberto Paiva (Smith) / Checkmat de Petrópolis
Queria destacar a importância da FJJD-Rio/CBJJD em proporcionar essa premiação de passagens para os atletas competirem fora do país. Temos muitos atletas que têm o sonho de participar de uma competição fora do país, mas não têm condições. No entanto, se eles se dedicarem ao ranking do Mineirinho, acabam tendo condição de realizar esse sonho que é importante para cada atleta. Acho muito importante essa premiação. Quanto a nossa equipe, ela vem treinando em uma batida forte, há muito tempo e não deixamos cair o ritmo. Estamos voltando esse ano ao Circuito e estamos empenhando em fazer bonito.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade