Lyoto admite ‘dúvida’ antes do resultado final e visa luta contra Bisping; confira

    Lyoto Machida analisou vitória contra Anders e mirou Michael Bisping como próximo alvo (Foto: Getty Images)
    Lyoto Machida poderá ter Fedor Emelianenko como um dos adversários no Bellator (Foto Getty Images / UFC)

    Vitorioso na luta principal do UFC Belém, por decisão dividida dos jurados após cinco rounds de luta, Lyoto Machida voltou a vencer pelo Ultimate após três derrotas consecutivas. O duelo contra Eryk Anders foi marcado pelo equilíbrio, o que gera diferentes interpretações para o resultado da luta. Em entrevista coletiva pós-evento, o “Dragão” que teve dúvidas em relação à sua vitória, no entanto, ressaltou o maior número de golpes aplicados sobre o americano.

    “Na verdade, é difícil não ter dúvidas, porque eu não sei qual vai ser a interpretação dos árbitros… Se quem conectou mais ou quem botou mais pressão. Lógico que eu tinha dúvidas (sobre a vitória), não sabia qual seria a interpretação, mas acho que valeu a pena. O Eryk (Anders) me surpreendeu, é um grande lutador, um cara muito duro, não é à toa que estava invicto. Foi uma luta difícil, mas consegui controlar, conectar mais golpes. Apesar de ele botar mais pressão, muito vale também quem conecta mais”, analisou o brasileiro, que falou sobre seu próximo desafio, e indicou Michael Bisping, ex-campeão dos médios, como um possível adversário.

    “Essa luta (contra Michael Bisping) era para ter acontecido há alguns anos. Fomos amadurecendo juntos, somos contemporâneos, uma luta entre nós seria importante para o UFC, legal para a gente, para vermos como seria o resultado. Viemos juntos no esporte, daqui a pouco ele se aposenta, eu me aposento, e a luta não acontece. Tenho muito respeito por ele como atleta”, declarou o brasileiro, que também não descartou a possibilidade de enfrentar o compatriota Vitor Belfort.

    “Eu preferiria lutar com quem não fosse do meu país, é a minha preferência, mas como profissional, eu não posso dizer não. Se eu tivesse escolha, seria um gringo, uma pessoa de fora. O Vitor é um colega de trabalho, um profissional. Não sei como isso chega nele, mas vejo pelo lado profissional”, concluiu.

    RESULTADOS COMPLETOS: 

    UFC Belém
    Sábado, 03 de fevereiro de 2018
    Arena Mangueirinho, em Belém (PA)

    Card principal

    Lyoto Machida derrotou Eryk Anders por decisão dividida dos jurados
    Valentina Shevchenko finalizou Priscila Pedrita com um mata-leão no 2R
    Michel Trator derrotou Desmond Green por decisão unânime dos jurados
    Timothy Johnson derrotou Marcelo Golm por decisão unânime dos jurados
    Douglas D’Silva derrotou Marlon Vera por decisão unânime dos jurados
    Thiago Marreta derrotou Anthony Smith por nocaute técnico no 2R

    Card preliminar

    Serginho Moraes derrotou Tim Means por decisão dividida dos jurados
    Alan Nuguette derrotou Damir Hadzovic por decisão unânime dos jurados
    Polyana Viana finalizou Maia Stevenson com um mata-leão no 1R
    Iuri Marajó derrotou Joe Soto por nocaute técnico no 1R
    Deiveson Figueiredo derrotou Joseph Morales por nocaute técnico no 2R

    3 COMENTÁRIOS

    1. Bisping, Belfort, são já quase ex lutadores. Para quem ainda sonha em ser o campeão da sua divisão, terá que enfrentar lutadores bem mais competitivos e não lutadores em final de carreira. Aliás, o Lyoto terá que se reformular por inteiro pra voltar a ser realmente competitivo.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome